Posts recentes de Capa

Jeanine Pires e a volta do turismo

Jeanine Pires, ex-diretora do Recife Convention Bureau e ex-presidente da Embratur, ressalta que o momento é de atenção às pequenas e médias empresas de turismo, a grande maioria. “A volta das atividades será, ao que tudo indica, lenta, em etapas – e será diferente em cada lugar. E isso vai fazer com que mude o perfil do cliente. Além do desafio econômico, o agenciamento terá de entender quem será esse novo viajante”.

Na sua visão, a retomada das atividades pelo regional é uma forma de o agenciamento se reaproximar do viajante, escorado por pesquisas, estudos e alternativas concretas. Enaltece a valorização de iniciativas cooperadas, a exemplo do protagonismo do Movimento Supera Turismo Brasil. “Eu vejo que o turismo brasileiro avançou muito em tecnologia de gestão, mas precisa melhorar enquanto recurso favorável à experiência do cliente. Aliar o mundo da tecnologia à humanização das relações. Não é possível interagir, o tempo todo, com robôs”.

“Escreve com coragem e honestidade”, diz Rita Lee sobre Xuxa

A artista foi a primeira a ler o livro Memórias, escrito por Meneghel. As palavras de Rita Lee estão na orelha e na capa do livro que vai ser lançado em setembro. Fã assumida de Lee, Xuxa Meneghel se emocionou com as palavras escritas pela cantora. “Sempre tive mais do que admiração por Rita. Ela sempre esteve à frente do tempo, de tudo e de todos e… linda! Sou fã e pronto. Por isso, ler o que a Rita escreveu sobre minhas memórias foi um abraço no coração e na alma. É ter a certeza de que nessa escolha eu não errei: ela era, é e sempre será meu ídolo…. E agora da Sasha também. E certeza de que será dos meus netos e por aí vai…”, disse a loira.

No texto emocionante Lee não poupou elogios a eterna Rainha dos Baixinhos. “Ler as memórias de Xuxa é como assistir a um filme sobre uma atriz hollywoodiana que começou ralando na vida e quis o destino que se tornasse uma deusa superstar”, afirmou em trecho.

Confira o texto completo:

“Ler as memórias de Xuxa é como assistir a um filme sobre uma atriz hollywoodiana que começou ralando na vida e quis o destino que se tornasse uma deusa superstar. Conhecendo os pormenores de suas aventuras, que, aliás, escreve com coragem e honestidade, entendo melhor essa mulher estonteantemente bela e os momentos nem sempre fáceis pelos quais passou. Certeza de que foi aquele seu eterno sorriso iluminado — e por vezes ingênuo — que venceu as chatices dos humanos e a tornou a figura mais apaixonante do Patropi.

Me emociona o amor incondicional que ela sente pela causa dos animais e, é claro, pelos baixinhos, que viam nela uma fada colorida que os transportava a um mundo mágico onde só ela era capaz de lhes proporcionar aventuras inesquecíveis. Meus filhos não desgrudavam da TV quando lá ela estava, toda fantasiada naquele palco empetecado de surpresas… Sim, meus meninos tinham uma paixonite por ela e pelas Paquitas. E, cá pra nós, precisa ter um rosto bonito demais para raspar a cabeça aos cinquenta e poucos anos e continuar com aquela mesma carinha sorridente de criança iluminada.

Sinta-se abençoada por zilhões de fãs do mundo inteiro por ser quem você é: the one and only Xuxa!”

Mães artesãs do Projeto Solarte confeccionam máscaras e acessórios

Créditos: Divulgação

Os produtos vão ser comercializados em estande do Shopping Guararapes a partir do próximo sábado (15). Mães de crianças atendidas pelo Instituo Peró estão produzindo máscaras de proteção e outros acessórios como forma de auxiliar no complemento da renda familiar. Visando dar uma maior visibilidade ao trabalho dessas artesãs, que compõem o Projeto Solarte e são atendidas pelo Instituto Peró, instituição social mantida pelo mall, há mais de 15 anos, a iniciativa aposta em diferenciais. “O principal é vendermos as máscaras e dessa forma contribuir com a proteção das pessoas. São máscaras confortáveis, com variedade de estampas e de modelos. Mas o nosso diferencial vai ser vender acessórios que combinem com as máscaras, como tiaras, pompons, laços, faixas de cabelo. Tudo isso para crianças e adultos”, comenta Solange Assis, artesã e integrante do Solarte. Além das máscaras e dos acessórios, as artesãs estão produzindo bolsas porta-máscaras.

Os recursos oriundos das vendas das máscaras e acessórios serão integralmente das mães artesãs. O espaço funcionará no horário do Shopping, durante dois meses, no corredor das Lojas Americanas.

Marcos Veras e Rosanne Mulholland celebram a chegada de Davi

O primeiro filho do casal veio ao mundo às 23:29 do último domingo. Na segunda-feira (10), Marcos Veras usou as redes sociais para compartilhar registros ao lado do pequeno e de sua esposa, Rosanne Mulholland. As fotos, que foram tiradas na maternidade, ganharam uma legenda para lá de fofa. “Ontem, Dia dos Pais, às 23:29 nasceu Davi! Meu amor, tão serena e forte. Eu estou explodindo de amor. Voltamos a qualquer momento, talvez quando eu parar de me emocionar enquanto escrevo”, disse ele destacando homenageando a esposa e o bebê.

Rosanne também compartilhou e comemorou a notícia em seu Instagram com um clique especial do parto. “Não fiz post de dia dos pais esse ano. Não deu. Meu filho resolveu chegar nesse mundão já fazendo a homenagem mais linda que o pai poderia receber. E ainda é a cara dele! E eu to louca de amor”, completou.

Camila Pitanga e filha são diagnosticadas com malária

A atriz usou as redes sociais para contar sobre a doença e agradecer aos profissionais do SUS. Camila Pitanga, de 43 anos, e a filha Antônia, de 12 anos, acreditavam estar com Covid-19 mas foram surpreendidas ao realizar exames e descobrir que se tratava de malária. “Foram 10 dias de muito sufoco. Entre picos de febre alta, calafrios e total incerteza. Havia a sombra da possibilidade de estar com a Covid-19. Somente no domingo recebi o resultado negativo do meu PCR. Mas no lugar de me aliviar, permanecia a agonia pois eu não fazia ideia do que eu poderia ter. Estava à deriva”, desabafou.

Pitanga seguiu o conselho de uma amiga que ajudou a desvendar os sintomas. “Uma amiga minha suspeitou que esses picos de febre associados ao fato de estar em isolamento social numa zona de Mata Atlântica no litoral de SP, podia ser malária. Fui indicada a conversar com dois infectologistas. Os dois extremamente generosos em falar comigo num domingo já de noite. Dr Luiz Fernando Aranha e o Dr André Machado. Agradeço ao último pelas orientações que me levaram ao Hospital das Clínicas da USP. Uma vez que a suspeita era malária, doença muito rara, não há melhor lugar para você ser tratado do que a rede SUS, local de referência e excelência para doenças endêmicas. No HC, fui prontamente atendida por uma mulherada. Sim, uma equipe 100% de mulheres fantásticas do laboratório da Sucen “, continuou.

A artista prosseguiu o desabafo elogiando todos os profissionais envolvidos e explicando que ela e a filha estão se tratando e seguindo as orientações recebidas. “Faço questão de dar seus nomes: Drª Ana Marli Sartori, Drª Silvia Maria di Santi, Drª Dida costa, Drª Simone Gregorio, Drª Renata oliveira e tão importantes quanto, as agentes de saúde Cida Kikuchi e Gildete Santos. Todas foram extremamente profissionais, eficientes e gentis. Bom, os resultados dos exames saíram dando positivo para malária. Eu e minha filha. Uma doença que ainda existe, é curável, mas precisa de cuidados. O tratamento é gratuito”, disse.

Confira o texto completo:

View this post on Instagram

Foram 10 dias de muito sufoco. Entre picos de febre alta, calafrios e total incerteza. Havia a sombra da possibilidade de estar com covid-19. Somente no domingo recebi o resultado negativo do meu PCR. Mas no lugar de me aliviar, permanecia a agonia pois eu não fazia ideia do que eu poderia ter. Estava à deriva. Pois bem, uma amiga minha suspeitou que esses picos de febre associados ao fato de estar em isolamento social numa zona de Mata Atlântica no litoral de SP, podia ser malária. Fui indicada a conversar com dois infectologistas. Os dois extremamente generosos em falar comigo num domingo já de noite. Dr Luiz Fernando Aranha e o Dr André Machado. Agradeço ao último pelas orientações que me levaram ao Hospital das Clínicas da USP. Uma vez que a supeita era malária, doença muito rara, não há melhor lugar para você ser tratado do que a rede SUS, local de referência e excelência para doenças endêmicas. No HC, fui prontamente atendida por uma mulherada. Sim, uma equipe 100% de mulheres fantásticas do laboratório da Sucen. Faço questão de dar seus nomes: Drª Ana Marli Sartori, Drª Silvia Maria di Santi, Drª Dida costa, Drª Simone Gregorio, Drª Renata oliveira e tão importantes quanto, as agentes de saúde Cida Kikuchi e Gildete Santos. Todas foram extremamente profissionais, eficientes e gentis. Bom, os resultados dos exames sairam dando positivo para malária. Eu e minha filha. Uma doença que ainda existe, é curável, mas precisa de cuidados. O tratamento é gratuito. Faço cá meus votos de gratidão a todas e todos agentes de saúde, que além de estarem na trincheira nessa luta contra a covid-19, estão aí atendendo inúmeras outras demandas com seu profissionalismo em meio a condições e incertezas muito grandes. É de suma importância valorizar a existência desse sistema de saúde que cuida de tanta gente, principalmente dos que não tem condições de pagar um plano de saúde. Estamos num país onde uma doença matou mais de 100 mil pessoas em poucos meses. Esse número poderia ser o triplo ou mais se não fosse o SUS. A catástrofe seria ainda maior. Muito obrigada e parabéns a todas e todos os profissionais de saúde desse país!!!

A post shared by Camila Pitanga (@caiapitanga) on

Open House: Dilsinho comemora lançamento de projeto gravado no Recife

Dilsinho lança DVD gravado no Recife – Créditos: Divulgação

O cantor que é destaque no cenário musical lançou seu novo DVD. O Open House já está disponível nas plataformas e teve sua versão audiovisual lançada no sábado (8). O projeto foi gravado no Parador, em Recife, capital de Pernambuco e Dilsinho explicou a escolheu do local para registrar seu segundo DVD, depois de um 2019 memorável. “Recife tem a cara desse projeto porque a energia de lá é incomparável. Depois do Rio de Janeiro, que foi onde eu nasci, cresci e onde tudo aconteceu pra mim, Recife foi um lugar onde tive meu primeiro fã clube no Nordeste, foi um dos primeiros lugares a tocar minha música na rádio, então eu tenho uma conexão com a cidade, com o Nordeste em geral, e queria muito registrar algum trabalho lá e que bom que o Open House aconteceu em Recife”, disse.

A novidade também contou com convidados especiais como Thiaguinho, Henrique e Juliano, Atitude 67 e Marco, além de músicas inéditas. O novo single Misturado é um dos hits que já está fazendo sucesso. “Esse é o single que escolhemos para a virada, por ser uma música romântica, que tem tudo a ver comigo e com meu trabalho. As pessoas me veem desse jeito, cantando e falando de amor, e a ´Misturados´ é isso. Sem contar que ela é um conforto para o momento que estamos passando, onde não podemos estar de corpo presente com quem amamos, mas nossos corações estão misturados, nosso pensamento está junto, e tenho certeza que logo a gente vai poder celebrar tudo isso”, contou.

No Open House Dilsinho optou por estar à frente de todos os detalhes, desde a concepção até o momento da gravação, passando por figurino, locação, repertório, arranjos, e todos os outros pontos importantes na criação de um projeto audiovisual. “Em 2019, eu amadureci muito e me senti seguro para tentar uma coisa nova, que era ficar à frente do projeto como um todo, opinar um pouco mais sobre toda a criação. Então, fiquei muito feliz com o resultado, mais feliz ainda das pessoas estarem ouvindo e só receber elogios, mensagens positivas, ver todos esses números acontecendo. Tá sendo um presente na minha vida ter um projeto onde cada detalhe foi pensado e executado da maneira como foi projetado. Veio de dentro pra fora, sabe? Isso é muito lindo”, comemora o cantor.

Leia mais: Dilsinho encanta recifenses na gravação do seu novo DVD

Apoio ao motoboy agredido

A deplorável cena da agressão

O motoboy Matheus Pires Barbosa, humilhado por um cliente em São Paulo e que revelou estar usando a moto do pai, porque a sua estava quebrada, ganhou duas motos novas, de Matheus Ceará e Luciano Huck, e R$ 140 mil de uma vaquinha na internet.

O Rotary será presidido mundialmente por uma mulher pela primeira vez

Pela primeira vez em seus 115 anos, o Rotary Mundial será presidido por uma mulher: a canadense Jennifer Jones foi eleita para ocupar o cargo a partir de 2022. Eleição foi feita por representantes de todo o mundo, inclusive do Brasil.

Programa de Mariana Godoy foi mais uma vez adiado pela Band

Mariana Godoy e Zeca Camargo

A Band, em conjunto com Zeca Camargo, decidiu adiar em pelo menos mais uma semana a estreia no novo matinal comandado por Mariana Godoy, que aconteceria ontem Nas redes sociais, o diretor afirmou que só entrará no ar quando estiver “tudo perfeito”, mas garante estar perto desse momento. Uma nova data não foi anunciada – na semana passada ele chegou a gravar vídeo nas redes sociais afirmando que a espera seria de mais uma semana -, mas novos pilotos devem ser gravados esta semana

Cancelado o desfile militar de 7 de setembro

O Comando Militar do Nordeste confirmou o cancelamento do desfile militar de 7 de Setembro, na Mascarenhas de Morais. O Ministério da Defesa, que cancelou todos estes eventos, a começar pelo de Brasília, para evitar que os militares e o público se contaminassem com o coronavírus.