mais de 1,5 presos estão nas ruas

Mostrando o acerto da decisão do governador Eduardo Campos que suspender o benefício no Natal e Ano Novo, em São Paulo, 1.518 presos que conseguiram o benefício de passar com a família as festas de final de ano, não retornaram. Estão nas ruas, muitos voltando a cometer crimes.

A saída temporária é um benefício previsto na Lei de Execuções Penais e depende de autorização judicial. Os condenados de bom comportamento que cumprem pena em regime semiaberto podem obter a autorização por prazo não superior a sete dias, em cinco datas: Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças ou Finados e fim de ano, que reúne em uma única saída o Natal e o Ano Novo.

Author: admin

Share This Post On