Da infância de Vanessa para a dos filhotes

Primeiro o casamento, depois dois cãezinhos e, finalmente, um casal de filhos. Hoje, tudo se mistura e a ordem cronológica até se confunde para quem vê de fora a rotina de Vanessa Vecchione. Rolando no sofá, os filhos Marcelo (5) e Júlia (2) agem como se houvesse adotado os cachorros como seus. E Vanessa se torna uma espécie de avó dos bichinhos, que lhe pedem socorro abanando o rabinho quando as crianças exageram nas brincadeiras. “Esses cachorros são os brinquedos preferidos de Marcelo e Júlia”, conta Vanessa, “o que os torna muito parecidos comigo, já que também sempre adorei animais desde pequena”.

Vanessa, cercada pelos filhos Marcelo e Júlia - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Vanessa, os filhos e os dois xodós da casa - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Na hora de posar para as fotos, Vanessa permite que Marcelo coloque os cachorros sobre o sofá. Imediatamente, ele abre um sorriso e pergunta: “Mas eles podem mesmo subir, mãe?”. Ao que ela responde: “Só hoje, filho”, burlando temporariamente as regras da casa. Para as crianças, é claro, a quebra do protocolo se torna uma festa. Apesar disso, não chegam a fazer bagunça. Assim como a mãe, são crianças tranquilas. Adoram assistir a filmes quietinhos, deitados na cama ou no sofá da sala.

Júlia se diverte com a cadelinha Cindy no sofá - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Os cães são o passatempo preferido das crianças - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

As semelhanças com a infância da mãe começam por aí, no temperamento dócil. Vanessa também era uma criança tranquila e repassou a calma para os pequenos. A diferença é o benefício da tecnologia – que a geração de Vanessa precisou desvendar – sempre presente na rotina de Júlia e Marcelo, que parecem ter nascido experientes no assunto. Com apenas dois anos, Júlia já manuseia o celular da mãe sem dificuldade. O iPad tornou-se mais um brinquedo para as crianças, que dominam todos os joguinhos do aparelho. Apesar disso, Vanessa garante: “eles ainda preferem os cachorros”.

Marcelo não larga Billy por outro brinquedo - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Modernidades à parte, as brincadeiras tradicionais também têm espaço no dia a dia dos filhotes. Pique-esconde e pega-pega, por exemplo, não saíram de moda entre eles. São superatuais e estão entre os divertimentos preferidos do casal de irmãos. Mais um ponto de intersecção entre a infância deles e a da mãe.

Os dois se divertem correndo sobre a mesa da sala - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Assim como Vanessa costumava ser, a pequena Júlia também é fã das bonecas. Barbies, Mônicas… são várias as “filhas” que Júlia adotou. Vaidosa, a pequena adora observar os hábitos da mãe. Na hora da maquiagem, pede para que Vanessa aplique nela todos os produtos que aplica em si. Batom, rímel, pó… “Ela curte demais esse universo feminino”, conta a mãe. Às vezes, Júlia ainda se arrisca a andar pela casa usando os sapatos de Vanessa. E na hora de passear, escolhe os próprios calçados. Aponta os que quer e os que não quer. “O negócio dela é com os sapatos, mais do que com as roupas”, Vanessa explica.

Julia toma conta de suas filhas, as Mônicas - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Vanessa com a filha Júlia e a "neta" Mônica - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Assim como os pais de Vanessa se preocuparam com sua educação, esse é também o seu foco na hora de cuidar dos filhos. Cautelosa, ela escolhe as atividades extraclasse nas quais vai matriculá-los, sempre deixando um tempo livre para que possam brincar e ficar à toa, à vontade. “Mais um ponto em comum entre nós três: o cuidado com as companhias, com a educação, com os princípios”, fala Vanessa. Apesar do trabalho como empresária, a mãe se torna amiga dos pequenos sempre que pode. Brincam juntos, passeiam, conversam, assistem a filmes da Disney e viajam em família. Este fim de semana, inclusive, estarão todos em Fernando de Noronha, passeando com o pai, Silvio Pontual. De presente pelo Dia das Crianças, Julia pediu uma boneca nova, enquanto Marcelo encomendou aos pais um conjunto de legos.

Marcelo, Vanessa e Júlia: educação em primeiro lugar - Crédito: Larissa Lins/DP/DA Press

Author: admin

Share This Post On