UNE tenta reverter imobilidade

Virginia Barros/ujs.org/reprodução

Virginia Barros/ujs.org/reprodução

A União Nacional dos Estudantes, que sempre liderou movimentos nas ruas, há muitos anos, está vivendo de verbas concedidas pelo governo federal, o que tornou a entidade praticamente inerte. Nem mesmo nas recentes manifestações que reuniram milhões de pessoas pelo país inteiro, ela apareceu. Agora, a nova presidente da entidade, Virgínia Barros, pernambucana de Garanhuns, que estuda e mora em São Paulo, tenta modificar o quadro, sonhando na volta da UNE aos velhos e combativos tempos.

 

 

Author: admin

Share This Post On