Um duro golpe na Embraer

Avião da Embraer/Divulgação

Avião da Embraer/Divulgação

A Embraer sofreu um duríssimo golpe ontem, com o anúncio da empresa aérea norte-americana JetBlue de que decidiu adianta para o período de 2020 e 2022 o recebimento de 24 novos aviões da empresa brasileira, que está marcado para o período entre 2014 e 2018. Em compensação, a empresa norte-americana anunciou a compra de modelos maiores que o Embraer-190 que usa, de 100 lugares para Boeings A-32. De imediato, as ações da Embraer caíram 4% na Bolsa de Valores de São Paulo.

 

Author: admin

Share This Post On