Um juro exorbitante

Foto: Sebrae/Divulgação

Foto: Sebrae/Divulgação

A taxa de juros do cheque especial subiu 4,4 pontos entre agosto e setembro e deve chegar a estratosférica marca de 143% ao ano, de acordo com o Banco Central. É disparado a modalidade de crédito para pessoas físicas mais alta, simplesmente proibitiva. Para se ter uma ideia, os empréstimos consignados têm jutos de 40% ao ano.

 

Author: admin

Share This Post On