Os saltos que brilharam na passarela

selo-spfw2014-02

Crédito: Agência Fotosite/Divulgação

Crédito: Agência Fotosite/Divulgação

O salto que chamou atenção no quarto dia do São Paulo Fashion Week – Inverno 2014 foi o que Alexandre Birman (Arezzo/Schutz) criou para Pedro Lourenço e as antenadas da moda já conhecem bem. O jovem estilista de 23 anos, filho de Glória Coelho e Reinaldo Lourenço, abriu os desfiles, hoje, no Teatro FAAP, mostrando a mesma coleção que foi apresentada durante a semana de moda de Paris. É a coleção para a qual Pedro tentou captar recursos junto à Lei Rouanet e causou a maior polêmica.

Crédito: Agência Fotosite/Divulgação

Crédito: Agência Fotosite/Divulgação

O desfile foi um dos mais classudos da temporada de inverno da semana de moda paulista. Nas primeiras filas do teatro estavam muitas colunáveis paulistanas e blogueiras como Thássia Naves e Helena Bourdon.  Em entrevista, o estilista não teve modéstia: “Estou interessado em uma nova área, que no futuro todo mundo vai fazer, que é a alta-costura tecnológica” . A reconhecida excelência técnica e estética do garoto veio em looks modernos em lamê e crepe, com degradê de paetês e cristais, aplicados à mão, que impressionaram.

Crédito: Agência Fotosite/Divulgação

Crédito: Agência Fotosite/Divulgação

Como só estilista consegue explicar tema de coleção, esta de Pedro teve inspiração em Carmen Miranda. Mas nada retrô e sim uma Carmen contemporânea. O babado na cintura da modelo acima é uma dessas referências. Esse franzido é chamado de basque, que parecem meio peplum, só usado na parte da frente da cintura. Dá volume e foi o único ponto de colorido na coleção.

Crédtio: Agência Fotosite/Divulgação

Crédtio: Agência Fotosite/Divulgação

Author: admin

Share This Post On