Eduardo Campos gostaria de ter participado das manifestações de rua

Eduardo Campos e Jô Soares/TV Globo/Diulgação

Eduardo Campos e Jô Soares/TV Globo/Diivulgação

Eduardo Campos disse, ontem, no Programa do Jô, que Marina Silva poderá ser sua vice, numa disputa pela Presidência da República em 2014. “Nossa decisão é que vamos estar juntos. Antes de discutir a forma, nós temos que discutir o conteúdo. Nosso combinado é de decidir a questão da chapa em 2014. Nós sabemos qual é a nossa missão e temos que estar preparados para governar o Brasil”, falou. O governador disse, ainda, que Marina traz o link com o envolvimento com a juventude. “Eu trago a militância política dos movimentos sociais e a prática política do governo de um Estado”. Eduardo completou que Marina conhece sua trajetória e decidiu participar de seu partido mesmo tendo proposta de sair como candidata por outras legendas, como o PPS.

Perguntado se era a favor das manifestações que movimentaram o Brasil este ano, lembrou suas participações em outros movimentos, exemplificando com o Caras Pintadas – de 1992 que culminou com o impeachment do presidente Fernando Collor de Melo. “Meus filhos também foram nas primeiras manifestações em junho. Se eu não estivesse no governo, eu estaria lá”, afirmou.

Author: admin

Share This Post On