Cacá Diegues conta sua história em livro

Cacá Diegues/Divulgação

Cacá Diegues/Divulgação

O cineasta alagoano Cacá Diegues, de 74 anos, que morou alguns anos no Recife, lança, na Feira Literária de Paraty, seu livro de memórias, Vida de Cinema. Num trecho, recorda um assalto a mão armada que sofreu, em casa, nos anos 80. Um dos assaltantes perguntou: “Que tipo de filme você faz?”. Aí, Cacá citou o que era o mais recente na época, Bye, Bye, Brazil. E o bandido: “Aquele com a Betty Faria e o José Wilker?” O cineasta concordou e o outro sentenciou: “É, eu até gostei desse aí”. Depois, Cacá lembra: “Deve ter sido a crítica mais importante que recebi na vida”.

Author: João Alberto

Share This Post On