L’As du Fallafel: uma indicação do The New York Times

Fotos: JAMS/

afalafel4

Recebi a dica de Cecília Ramos, que na sua viagem de lua de mel conheceu o local, gostou tanto que esteve lá duas vezes. E fui para o bairro de Marais, juntinho da estação Saint Paul do Metrô. E fui em busca do falafel, pequenas bolinhas fritas feitas à base de grão-de-bico e favas, prato típico israelita. O local é o L’As du Fallafel, que fica lotado, sempre com filas o dia inteiro. Dois funcionários controlam a fila, da pequenina casa, que se orgulha de ter o melhor falafel de Paris e com uma placa: “Imitado todo dia, mas nunca igualado”. Fechado aos sábados, por causa da tradição hebraica, o L’As du Fallafel é um sucesso absoluto entre os parisienses e as filas chegam a dobrar o quarteirão na hora do almoço e aos domingos, mas, no final, a espera em pé, vale a pena. Mesmo que esteja chovendo!

afalafel2

O quitute vem servido enrolado num guardanapo amarelo, que pode ser consumido na rua ou nas poucas mesas do restaurante. Custa 5,5 euros, algo em torno de R$ 15 reais e vale como uma refeição.  O local foi descrito pelo The New York Times como um destino culinário imperdível em Paris. No entanto, não é algo que chegue à unanimidade. Muita gente não gosta. Pelo menos na primeira vez que prova a iguaria. Outro detalhe: junto funcionam várias casas que oferecem falafel, mas quase todas vazias, nenhuma consegue o sucesso do L’As Du Fallafel.Anotem o endereço: Rua dês Rosiers, 34, em Marais. Funciona todos os dias das 11h à meia-noite, menos nos sábados.

afalafel3

afalafel1

Author: João Alberto

Share This Post On