Paulo Roberto Costa foi preso novamente por fortuna na Suiça

Paulo Roberto Costa/CB

Paulo Roberto Costa/CB

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, apontado como um dos pivôs de esquema de lavagem de 10 bilhões de reais, voltou a ser preso, ontem, no Rio de Janeiro. Ele esteve preso em Curitiba, acabou liberado e deu um show de ironias na CPI da Petrobrás, no Senado, afirmando que as contas da Refinaria Abreu e Lima foram feitas como papel de padaria. O mandado de prisão contra Costa foi expedido pela Justiça a partir da descoberta de 23 milhões de dólares – ou cerca de 51 milhões de reais – em bancos suíços,. Autoridades brasileiras receberam, do Ministério Público da Suíça, a informação de que houve bloqueio das contas. Autoridades suíças também descobriram no país cinco milhões de dólares depositados em contas atribuídas a parentes do ex-diretor.

 

 

Author: João Alberto

Share This Post On