Torcida não perdoou Dilma no Itaquerão

selo de olho na copa

Crédito: JF Diorio/Estadão Conteúodo

Crédito: JF Diorio/Estadão Conteúodo

Mesmo evitando discursar (como fizeram presidentes de países que foram sedes das Copas anteriores) e até proibir sua imagem no telão, não impediram momentos desagradáveis para a presidente Dilma Rousseff no Itaquerão, na abertura da Copa do Mundo. Tanto que o ministro Gilberto Carvalho reclamar.

Crédito: Reprodução do Instagram Palácio do Planalto

Crédito: Reprodução do Instagram Palácio do Planalto

Ele até esperava vais, mas o que surpreendeu memo foi a insistência dos insultos no intervalo e durante todo o segundo tempo. Começaram quando o sistema de som anunciou homenagem aos operários que construíram as 12 arenas da Copa. Os gritos de “ei, Dilma vai tomar no ….” e “ei, Fifa vai tomar no ….” que começaram baixo no estádio e depois ganharam proporção. Fato que foi destaque na imprensa mundial.

Leia mais sobre o assunto:
– Os detalhes da abertura da Copa– Um show muito criticado

Author: João Alberto

Share This Post On