Gerson critica a seleção brasileira

selo de olho na copa

Gerson e o jogador Renato, que atuava no Botafogo - Crédito: Fernando Soutello/AGIF

Gerson e o jogador Renato, que atuava no Botafogo – Crédito: Fernando Soutello/AGIF

O tricampeão mundial Gerson, agora comentarista da Rádio Transamérica do Rio, revelou, ontem, que não vem gostando da forma como a seleção brasileira vem jogando e questiona a formação tática adota por Felipão.

“Falta a ele a tradução do jogo. O Parreira grita com ele para ajudar no posicionamento. As substituições são sempre as mesmas. Oscar é armador e não pode jogar pela ponta. O time está embolado, perdido. Pode até ser campeão, mas está jogando feio, com bola na área, sem tática de jogo, jogando no abafa nos últimos minutos”.

“Felipão escalou mal, não pela presença do Ramires, mas pelo posicionamento do Oscar. Ele tem que ser o armador e o Ramires é para fazer o vai e vem. Botar os caras abertos para marcar os laterais. Quem arruma o meio-campo? Paulinho? Ele não sabe. Ficou se aventurando com o David Luiz no segundo tempo. Está sem organização.” “Felipão precisa ter um plano B e C. O meio-campo não funciona. Ele tem que pensar em um armador, fixar o cara, para ver se dá certo. O melhor seria atuar com Neymar esquerda, Oscar centralizado ou até mesmo o Hernanes. O time é um bolo, com cada um tentando fazer a sua parte, sem um esquema montado. Não há variações.”

Author: João Alberto

Share This Post On