Um novo capítulo no escândalo da Petrobras

Petrobrás/Divulgação

Petrobrás/Divulgação

 

O escândalo na Petrobras ganha um capítulo novo a cada dia. Agora, sabe-se que por influencia das empreiteiras, a estatal fez 157 revisões em casos de chuva, causando prejuízos milionários. No Comperj, onde o consórcio é formado pela Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiróz Galvão, investigadas na Lava Jato, as construtoras receberam R$ 404 milhões a mais. A mesma clausula foi usada na Refinaria Abreu e Lima.

 

Author: João Alberto

Share This Post On