Um bate-papo com Marcelo Serrado

Marcelo Serrado está voltando para o  Recife neste domingo. Ele vai apresentar seu novo stand-up, intitulado “É o que tem para hoje”, no Teatro RioMar. O ator está rodando o Brasil com a turnê do espetáculo, mas arrumou um tempinho para conversar com o Blog João Alberto. No bate-papo ele falou sobre a criação do stand-up, familia, trabalho, personagens antigos e novidades na TV. Confira aqui as respostas:

Marcelo Serrado apresenta neste domingo o stand-up.  Crédito: Divulgação do espetáculo

Marcelo Serrado apresenta neste domingo o stand-up.
Crédito: Divulgação do espetáculo

1) Como surgiu a ideia de escrever o espetáculo?

Olha, o espetáculo fala muito sobre a obsessão do homem pela internet, por estar sempre conectado e ligado o tempo todo. Eu sempre achei muito engraçada essa necessidade das pessoas em estarem sempre junto do telefone, hoje as pessoas não conseguem jantar sem estarem mexendo no telefone. Uma das coisas que me fez decidir escrever foi um amigo que foi para um hotel onde não tinha wifi e ele ficou bem irritado. Eu queria mostrar isso, falar sobre isso.

2) E como você trata esse assunto na peça?

Eu tento falar disso e colocar um pouco de humor, sabe? Faço comparações e analogias com os tempos antigos. Falo de como seria a chegada de Pedro Álvares Cabral no Brasil se já existisse o Instagram, ou como seria  usar o Facebook na época de Jesus Cristo. As pessoas se divertem com isso e conseguem pensar sobre o assunto.

Créditos: Divulgação da peça

Créditos: Divulgação do espetáculo

3) Você acha que as pessoas refletem sobre o uso dos eletrônicos depois que saem da sua peça?

As pessoas se enxergam nos outros, acho que quando estão vendo a peça começam a pensar sobre como estão agindo, se é certo ou não. Acho que o fato de estarem vendo, de uma maneira engraçada, como é a situação no dia-a-dia, pensam se é para ser assim mesmo.

4) Você já trabalhou em TV, teatro e cinema. Tem algum gênero que é o seu favorito?

Eu gosto de todos os gêneros, mas amo muito o teatro. Graças ao teatro, aos palcos, eu me tornei o ator que eu sou hoje. Isso não acontece com todos os atores, cada caso é um caso, mas eu, cresci muito nos palcos.

Marcelo Serrado em um dos papéis que mais marcou sua carreira, o mordomo Crô. Créditos: Divulgação Rede Globo

Marcelo Serrado em um dos papéis que mais marcou sua carreira, o mordomo Crô.
Créditos: Divulgação Rede Globo

5) O que o personagem do Crô significa para você?

É um personagem que mudou a minha vida! É um daqueles que ficou na memória das pessoas, que me fez estrelar um filme. Eu sou muito grato por ter sido escolhido para o papel.

6) Como estão os novos projetos? Conta alguma novidade pro Blog.

Eu vou estrear um quadro no Vídeo Show. O primeiro vai ao ar no dia 30 deste mês. Ele será uma homenagem aos grandes ícones da televisão e vai ser transmitido todas as terças e quintas.

Author: Taís Machado

Share This Post On