Sandália da Arezzo (ou Via Uno) gera polêmica nas redes sociais

Uma polêmica tomou conta das redes sociais nos últimos dias. A consumidora Cynthia Cabral utilizou o seu Facebook para fazer uma reclamação a respeito de um sapato da marca Arezzo. Ela ganhou a sandália de presente e, depois de um tempo de uso, a palmilha começou a descolar. Foi quando Cynthia teve a surpresa: o produto continha a logomarca de uma outra empresa, a Via Uno.

A repercussão da notícia foi tanta que o post chegou a ter quase 66 mil compartilhamentos no Facebook. As várias pessoas que “compraram a briga” de Cynthia começaram a comentar em vários posts da página oficial da marca, todos em busca de uma resposta oficial. A tão esperada resposta da Arezzo apareceu no início da noite de hoje, por meio de respostas aos comentários do Facebook.  Segundo eles, o que aconteceu foi um pequeno equívoco durante a produção da sandália. Confira abaixo o depoimento da consumidora e a resposta da marca:

Créditos: Reprodução Facebook Cynthia Cabral

Créditos: Reprodução Facebook Cynthia Cabral

“Pessoal, venho divulgar minha indignação com essa marca de calçado considerada tão ‘bem conceituada’ em seu ramo. No dia 20/03/2015, minha mãe comprou uma sandália para me presentear e mais duas outras para ela mesma. Fiz uso apenas duas vezes da sandália e a mesma descolou a palmilha. Até aí tudo certo, pois isso pode acontecer sem nenhum problema. Porém, o fato é que, ao levantar a palmilha para colar, vi que havia embaixo da marca Arezzo a marca de uma outra loja ‘Via Uno’. Fiquei extremamente indignada e me senti mais do que lesada por se tratar de marcas com valores bem diferentes.
Ontem (31/03) fui até a loja que o produto foi adquirido (Shopping Recife – PC 04) e falei diretamente com a gerente para pedir explicações e, no mínimo, solicitar meu dinheiro de volta. Ela, surpresa com o fato, não conseguiu me explicar absolutamente nada e disse apenas que trabalha na loja há 12 anos e isso nunca havia acontecido. Mas ao se deparar com minha solicitação, informou que teria que enviar o produto para análise da fábrica. Como assim, análise?? Não concordei e mais uma vez pedi, no mínimo, o reembolso do valor pago no produto. E ela, a Gerente, depois de ligar para outra pessoa, informou que o valor seria reembolsado, mas em momento posterior, através de depósito bancário. Aí eu disse que não aceitaria, pois não iria aceitar deixar o produto e sair de mãos abanando. Depois de muita discussão e negativas da devolução do meu dinheiro, em espécie, fiquei mais estressada e peguei meu produto de volta a fim de buscar meus direitos como consumidora. Agora vou até o fim deste caso!! Não sou nenhuma analfabeta e conheço bem todos os meus direitos. Já denunciei o caso na administração do Shopping, comuniquei também a Via Uno e irei na delegacia do consumidor. Tentei resolver por bem, mas infelizmente não consegui. Não gosto de fazer tumulto desnecessário, mas como cidadã, me sinto no direito de explanar para que as consumidoras desta marca fiquem bem cientes do tipo de produto que está sendo adquirido. E principalmente, os vários tipos de empresários que temos no mercado. Por favor compartilhem, para que chegue ao maior número possível de consumidores!!”

Créditos: Reprodução Facebook Cynthia Cabral

Créditos: Reprodução Facebook Cynthia Cabral

Confira na integra o pronunciamento:

“Já estamos em contato com a cliente para esclarecemos o ocorrido. O produto é Arezzo; o que ocorreu foi que durante a produção desse modelo, um componente – que é, originalmente, um recorte de couro liso, usado como camada extra de proteção entre a pregação do salto e a palmilha – continha a carimbação de outra marca, o que acabou gerando a relação equivocada. A Arezzo reafirma seu compromisso com a qualidade de seus produtos, bem como o respeito às demais empresas e marcas do setor calçadista, e está trabalhando para solucionar a questão. Obrigada.”

Autor:: Taís Machado

Compartilhe este post sobre