As grifes de luxo mais falsificadas no Brasil

Crédito: Divulgação/pensandoestilo.com

Crédito: Divulgação/pensandoestilo.com

Segundo a Associação Brasileira de Combate à falsificação, no ranking das  grifes de luxo que possuem bolsas  com o maior índice de falsificação no Brasil em primeiro lugar está a Louis Vuitton, logo após a Dior, Fendi, Valentino e Hermés. Um levantamento da ABCF aponta que as cópias de roupas e acessórios de grife provocou prejuízo de 1,8 bilhão de reais. Quando o assunto é óculos, as marcas mais falsificadas são Rayban, Dolce & Gabbana, Dior, Giorgio Armani e Emporio Armani.  Já no quesito relógio, a grife Rolex aparece no topo, seguida pela Omega, Piaget, Patek Philippe e  Breitling. Rodolpho Ramazzini, diretor da ABCF e advogado especializado em fraudes e falsificações, afirma que as cópias grosseiras vêm da China e as de melhor qualidade são feitas na Europa, em alguns casos, num esquema montado e controlado pela máfia italiana.

 

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre