A preparação do Parque Maeda para o festival Tomorrowland

Crédito: Divulgação/Tomorrowland

Crédito: Divulgação/Tomorrowland

A primeira edição brasileira do festival de música eletrônica  Tomorrowland, criado na Bélgica, marcado para os próximos dias 1, 2 e 3 de maio, tem gerado uma enorme expectativa entre os amantes do estilo musical. O local escolhido para receber o evento foi o Parque Maeda, em Itú, cidade localizada a 90 quilômetros de São Paulo, que já recebeu o SWU, em 2o10, e várias edições da XXXperience. Encontrar uma vaga de hotel num raio de 30 quilômetros da festa, a esta altura,  é missão quase impossível: mais de 90% dos quartos estão ocupados. Segundos dados divulgados pela organização do evento, cerca de 20 mil pessoas optaram na hora da compra dos ingressos por instalar- se dentro do Maeda, com diárias que variam de R$140 (preço para montar a própria barraca no camping) a R$7 400. Este último dá direito a chalés para quatro pessoas equipados com banheiro, ar-condicionado e piscina.

Chalés no Tomorrowland: a hospedagem de R$7 400  para quatro pessoas inclui piscina e ar-condicionado - Crédito: Fernando Moraes/Divulgação

Chalés no Tomorrowland: a hospedagem de R$7 400 para quatro pessoas inclui piscina e ar-condicionado – Crédito: Fernando Moraes/Divulgação

A montagem base do evento começou em novembro do ano passado. A produção investiu em terraplenagem do terreno, em um novo sistema de escoamento e drenagem de água da chuva, uma distribuição de 200 para-raios, cabeamento de fibras ópticas e instalação de antenas das principais operadoras de celular, tudo para garantir segurança e a diversão em grande estilo dos frequentadores do festival.

Créditos: Reprodução página oficial da Tomorrowland

Créditos: Reprodução página oficial da Tomorrowland

Há uma expectativa que 180 mil pessoas circulem durante os três dias de festival. A decoração do que montada no parque foi toda trazida da Bélgica e é inspirada nos  contos de fadas. Todo o espaço deve ficar com ares lúdicos. Mais de 17o artistas diferentes vão assumir as picapes, sendo 116 deles internacionais e apenas 62 nacionais. Uma curiosidade é que dentro do acampamento e nas áreas de alimentação próximo aos sete palcos, a moeda local será o token, comprado a 5,55 reais.

O DJ Holandês Hardwell está entre os nomes divulgados.  Créditos: Facebook Oficial Hardwell

O DJ Holandês Hardwell está entre os nomes divulgados.
Créditos: Facebook Oficial Hardwell

Entre os nomes de destaque que tocam no Tomorrowland Brasil estão Hardwell, David Guetta, Armin Van Buuren, Dimitri Vegas & Like Mike e Dannic. De Pernambuco o projeto Duoprop, liderado por José Pinteiro e Bruno V, representa a nossa terra.

Leia também:
– Pernambucanos tocam na primeira edição brasileira do Tomorrowland em São Paulo

Autor:: Taís Machado

Compartilhe este post sobre