A difícil sabatina do candidato a ministro do STF

Luiz Edson Fachin - Crédito: Academia Paranaense de Letras/APL/Divulgação

Luiz Edson Fachin – Crédito: Academia Paranaense de Letras/APL/Divulgação

 

Será no dia 12 a sabatina do advogado Luiz Edson Fachin, indicado ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) pela presidente Dilma Rousseff, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Ele vem enfrentando resistência de diversos senadores, a começar pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), que está descontente com o governo e vê na rejeição do nome indicado por Dilma uma forma de medir forças com o Palácio do Planalto. O indicado tem visitado gabinetes de senadores pedindo o apoio, o que, no mínimo, é estranho, pois como dizia Nelson Rockefeller não existe almoço de graça.

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre