Euforia e animação marcaram a passagem dos Backstreet Boys pelo Recife

Pontualmente às 22h, Nick Carter, Brian Littrell, Kevin Ricardson, AJ McLean e Howie Dorough subiram ao palco para a loucura dos presentes que esgotaram os ingressos do Chevrolet Hall ontem a noite. Com a turnê “In a World Like This”, os meninos do Backstreet Boys voltaram ao Recife após 3 anos, dessa vez com Kevin de volta à boy band.

Crédito: Larissa Nunes

Crédito: Larissa Nunes

Ovacionada sob muitos aplausos e gritos do começo ao fim da apresentação, a banda abriu o show ao som de “The Call”. Entre as músicas, os cantores se revezavam sozinhos no palco batendo um papo com a plateia, sempre agradecendo o carinho e a recepção calorosa dos brasileiros. Esse foi o primeiro show da nova turnê no Brasil, que ainda passa pelo Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo e Porto Alegre.

Crédito: Larissa Nunes

Crédito: Larissa Nunes

O show foi seguindo com uma setlist cheia de clássicos, como “As long as you love me”, “Show me the meaning of being lonely” e “I want it that way”, além de músicas do novo álbum da banda. No meio da apresentação, os meninos se sentaram e fizeram uma espécie de seção acústica com alguns dos seus hits. Nessa hora, cerca de 20 fãs que pagaram os ingressos mais caros, puderam se sentar no palco para curtir o show perto dos ídolos.

Crédito: Larissa Nunes

Crédito: Larissa Nunes

Para a histeria geral, depois do fim do show, os meninos voltaram vestindo camisas da seleção brasileira para o bis ao som do grande sucesso “Everybody (Backstreet’s Back)”. Depois de duas horas e vinte de show, a banda encerrou com “Larger Than Life”. Durante toda a apresentação a plateia foi incansável. Aos berros, a imensa maioria não deixava de cantar um verso sequer de todas as músicas, carinho que era retribuído pelos cantores que sorriam e se declaravam para o público o tempo todo.

Crédito: Larissa Nunes

Crédito: Larissa Nunes

Author: Beatriz Pires

Share This Post On