Os economistas e o choque fiscal

noticia2

Nove entre dez economistas lúcidos apostam que, quanto mais duro for o choque fiscal aplicado à economia, mais rápida será sua recuperação. Só que o ajuste em andamento revela-se lento, gradual e suave. Tanto que a inflação continua subindo, embora efeitos de recessão já apareçam na redução da atividade industrial e no desemprego, o que provocará maior taxa de juros. A oposição topa o jogo porque quer mais é ver o circo do governo pegar fogo. E o PT acredita que a receita salvará sua base tradicional, mesmo com o Planalto engolindo mais desaprovação – e supostamente, até o final do mandato de Dilma.

Author: João Alberto

Share This Post On