Fernando Basto fala sobre transplante de barba e bigode

Entrevista por Beatriz Pires

Os homens estão cada dia mais vaidosos e procurando meios de corrigir imperfeições em seu visual. Segundo o cirurgião plástico Fernando Basto, a novidade do momento é o transplante capilar para a região da barba ou bigode. O procedimento é indicado para homens que possuem falhas ou até mesmo ausência de pelos nessas regiões. Os pacientes a partir dos 20 anos já podem recorrer a essa técnica para corrigir as falhas. O Blog João Alberto bateu um papo com o cirurgião que contou um pouco mais sobre o procedimento. Confira :

Fernando Basto - Crédito: Roberto Ramos/Aqui PE/D.A Press

Fernando Basto – Crédito: Roberto Ramos/Aqui PE/D.A Press

1) A procura por transplantes de barba e bigode cresceu nos últimos tempos?
Cresceu bastante! Pelos nossos cálculos, a procura aumentou cerca de 30%.

2) A técnica que você usa é nova?
Sim. Hoje em dia, o transplante de barba, bigode, costeletas e sobrancelhas é feito de uma maneira muito refinada. Nós não deixamos nenhum sinal de cirurgia no paciente.

3) Como funciona a técnica? Ela é semelhante ao transplante capilar?
A técnica tem a mesma filosofia do transplante capilar para a correção da calvície. Nós retiramos o cabelo da nuca ou da própria barba e fazemos a técnica Fue-Micro motorizada, onde enxertamos os fios com agulhas diamantadas e anguladas. Isso favorece o nascimento e o crescimento semelhante aos cabelos da região onde aconteceu o transplante.

4) De que parte do corpo o fio de cabelo é transplantado?
Da própria barba ou da nuca.

5) Quanto tempo dura a cirurgia?
O procedimento inteiro dura cerca de cinco horas.

6) Como é a recuperação? Quais são os cuidados que o paciente deve tomar?
O paciente não sente qualquer desconforto, ele pode trabalhar já no dia seguinte ao procedimento sem nenhum problema. O nascimento dos fios na região transplantada começam a partir do terceiro mês.

7) Existe algum tratamento pós-cirurgia que deve ser realizado para ajudar nos resultados?
Sim. Eu sempre prescrevo comprimidos e loção tópica para estimular o nascimento e o crescimento dos fios. Isso vai ajudar nos resultados.

8) A longo prazo, o paciente precisa acrescentar a sua rotina diária algum tipo de tratamento complementar?
Sim, mas é algo extremamente simples, apenas para estimular os fios da região.

9) Para quem o transplante de barba e bigode é indicado? Existe contraindicação?
O transplante é indicado para pessoas que possuem falha na barba, barba rala, cicatrizes e barbas que são densas, mas em algumas áreas não completam o desenho estético ideal.

10) No futuro, há a necessidade de se repetir o processo ou uma vez é o suficiente?
Na grande maioria dos casos, realizar apenas uma vez é suficiente para o paciente.

Autor:: Taís Machado

Compartilhe este post sobre