Dicas simples para oferecer lanches mais saudáveis para as crianças

Crédito: Blenda Souto Maior/DP/D.A Press

Crédito: Blenda Souto Maior/DP/D.A Press

Temos que convir que os pais de hoje são fruto, na grande maioria, de uma geração que não se importava tanto com a qualidade da alimentação. Na década de 90, era comum lanches de fast food e as coxinhas suculentas (e cheias de óleo) nas cantinas da escola. Na hora do recreio, as crianças se empanturravam de salgadinhos, refrigerantes e biscoitos recheados. Por sorte, estes hábitos também evoluíram com os anos e hoje a prática de uma dieta equilibrada e balanceada está mais difundida e ao alcance de todos. A nutricionista Virgínia Campos é uma das que disseminam esta prática e, ontem, ela reuniu um grupo de mães na loja Greenmix, de Boa Viagem, para mostrar como é possível fazer lanches saudáveis para as crianças e como escolher os alimentos ideais para elas.

Crédito: Flickr / Photofree

Crédito: Flickr / Photofree

 

Segundo Virgínia, o lanche saudável é aquele equilibrado em nutrientes. Existem três grupos de macronutrientes. O primeiro deles o do carboidrato, ideal para dar energia à criança, como pães, cereais e bolos. O das proteínas, que trabalha na formação dos ossos e músculos, como os derivados de leite e iogurte. Além dos reguladores, que regulam a função dos órgãos. “O ideal é que no lanche tenha pelo menos um item de cada grupo”, explica Virgínia.

virginia-campos

Virgínia Campos é uma das disseminadoras de uma vida mais saudável. Crédito: Nando Chiappetta / DP / D.A Press

Algumas mudanças simples de hábitos, na hora da compra no supermercado, também podem contribuir para levar produtos mais saudáveis para dentro de casa, como exemplo:

Troque os pães de saquinho pelos de padaria. Quanto maior a validade do produto, mais conservantes ele tem. Os pães caseiros e enriquecidos com raiz são os mais recomendados, segundo Virgínia;
Fique atento às embalagens muito chamativas para crianças. “Geralmente, os produtos vêm cheios de aditivos que fazem mal à saúde. Regra básica: olhe o rótulo! Corante deve ser evitado porque, entre outros males, é prejudicial à concentração da criança.

Crédito: Reprodução site www.alunosonline.com.br

Crédito: Reprodução site www.alunosonline.com.br

Outra dica simples que Virgínia orienta é ver a quantidade de ingredientes. Quanto menos tiver melhor. “E quanto mais estranhos forem os nomes, desconfie”, alerta ela.
Uma informação que passa despercebida pelo consumidor é a que diz “Embalado a vacuo”. “Isso significa que não teve tanta necessidade de conservante para manter a sua durabilidade. Portanto, é mais indicado também”, frisa.

Outra dica importante. Nos rótulos, os ingredientes que estão em maior quantidade nos produtos vêm na frente na relação das informações nutricionais. Por isso, corra dos alimentos que têm o açúcar lá no topo da lista;

O açúcar branco perde todos os seus nutrientes no refinamento, transformando-se em caloria vazia. Crédito: Freeimages

O açúcar branco perde todos os seus nutrientes no refinamento, transformando-se em caloria vazia. Crédito: Freeimages

 

Para adoçar os sucos da criança, Virgínia rechaça os açúcares refinados, aqueles bem branquinhos e, por vezes, mais saborosos. No processo de refinamento, ele perde todos os nutrientes como os sais minerais e proteínas, transformando-se apenas em caloria vazia.

Semana Saudável – Virgínia foi uma das palestrantes do evento Greenweek, uma semana dedicada a cursos e degustações para consumidores que querem cuidar da alimentação e ter uma vida mais saudável. O evento começou na última segunda-feira e ainda acontece hoje com o médico Jacques Waisman, falando sobre envelhecimento saudável; na sexta-feira, com a chef Dani Brito, que vai explicar sobre comidas saudáveis do dia a dia e, no sábadom com a nutricionista e consultora da Greenmix, Alessandra Luglio. Ela vai abordar as novas diretrizes da nutrição moderna. Quem quiser participar, basta se inscrever através do email cursos@vivagreenmix.com.br ou direto na loja. As inscrições variam de R$ 80 a R$ 100.

Author: Tatiana Sotero

Share This Post On