Justiça aplica Lei Maria da Penha no caso de Joelma e Chimbinha

A Justiça do Pará determinou, ontem, que Chimbinha não poderá mais se aproximar de Joelma. A decisão tem por base a Lei Maria da Penha, que protege mulheres em situação de risco. A medida é resultado de um boletim de ocorrência registrado por Joelma na última quarta, quando disse se sentir ameaçada pelo ex-marido.

Joelma, da banda Calypso  – Crédito: Luan Promoções/Divulgação

Joelma, da banda Calypso – Crédito: Luan Promoções/Divulgação

Segundo a advogada da cantora, a proteção já está em vigor e Chimbinha não pode se aproximar dela em circunstância alguma, nem mesmo em shows e gravações, mantendo uma distância de 100 metros. De acordo com a delegada Daniela Santos, que assumiu o caso, caso seja descumprida a medida, o guitarrista será penalizado.

Joelma e Chimbinha - Banda Calypso. Crédito: Fábio Nunes/Divulgação

Joelma e Chimbinha – Banda Calypso.
Crédito: Fábio Nunes/Divulgação

“O descumprimento pode acarretar desde aplicação de multa até prisão preventiva, de acordo com avaliação do juiz e a gravidade do caso”, disse a delegada ao portal G1. Ainda de acordo com a sua advogada, Joelma segue sua agenda normalmente ao lado do novo guitarrista da Banda Calypso, o pernambucano Ian Marinho.

Leia também:

Joelma diz se sentir ameaçada por Chimbinha

Guitarrista pernambucano substitui Chimbinha na Calypso

Joelma anuncia que vai sair da Banda Calypso

Chega ao fim o casamento de Joelma e Chimbinha, da Banda Calypso

Autor:: Beatriz Pires

Compartilhe este post sobre