Os “postes” de Lula

Lula. Crédito: Teresa Maia/DP/D. A PrESS

Lula.
Crédito: Teresa Maia/DP/D. A PrESS

Quando Lula diz que se candidatará ao Planalto “se for necessário” em 2018, vê quase perdido seu capital político e diante da impossibilidade de eleger novos “postes”. Em 2010, tirou do bolso a candidatura da então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, eleita e reeleita. “Postes”, nunca mais. Ou seja: ele não garante a reeleição de Fernando Haddad e já não elegeu Alexandre Padilha para o governo de São Paulo. Hoje, seu poder de fogo está mais do que reduzido – e até medido por pesquisas.

Author: João Alberto

Share This Post On