Um ministro que é lulista e dilmista

Jaques Wagner/Divulgação

Jaques Wagner/Divulgação

 

Comentário de Eliane Cantanhede, no O Estado de São Paulo, sobre o novo ministro da Casa Civil:

“Lula acaba de ganhar um substituto não só à altura de Gilberto Carvalho, mas muito, muito, muito mais hábil como seus olhos, ouvidos e voz no gabinete presidencial: o carioca-baiano Jaques Wagner. Malandro, cheio de lábia, Wagner é o único grão petista que consegue ser, ao mesmo tempo, lulista e dilmista. Haja competência política! Que ele vai exercitar com a “base aliada”.

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre