Comissionados não são demitidos como foi anunciado

Palácio do Planalto/Divulgação

Palácio do Planalto/Divulgação

Ministros não viajam mais de primeira classe, só podem gastar R$ 500 por mês no celular, chefes de gabinetes e cargos do primeiro escalão ficam sem carros e outras medidas de contenção de despesas estão em andamento no Planalto. Contudo, a demissão de três mil funcionários que ocupam cargos comissionados, anunciados pela própria presidente, fica em regime de espera. O Planalto acha melhor deixar passar essa época de turbulência. Os cargos, em geral, são de funcionários apadrinhados por políticos.

 

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre