Uma nomeação muito estranha

Diulma Rousseff/Ag. Brasil

Diulma Rousseff/Ag. Brasil

 

Dilma Rousseff nomeou Luiz Otávio de Oliveira Campos, do PMDB do Pará, secretário-executivo da Secretaria de Portos, hoje pilotada por Helder Barbalho. Há mais de dez anos, Campos teve seu nome rejeitado por uma vaga do TCU. Foi apontado como responsável por uma fraude de US$ 12 milhões envolvendo financiamento do BNDES para construção de balsas fluviais. Na época, dizia-se que tinha pintado barcas velhas para que parecessem novas.

Author: João Alberto

Share This Post On