Dez curiosidades que acontecem no São Paulo Fashion Week

selo spfw

Thiago Malva acompanha as temporadas do SPFW há 10 anos - Crédito: Thayse Boldrini/DP/D.A Press

Thiago Malva acompanha as temporadas do SPFW há 10 anos – Crédito: Thayse Boldrini/DP/D.A Press

A repórter viajou a convite do SPFW

SÃO PAULO: Em 20 anos de São Paulo Fashion Week, muitas histórias e curiosidades chamam atenção durante a temporada de moda brasileira. São fotógrafos que disputam o melhor lugar na sala de desfile, as pessoas que ocupam lugar de outras, o atraso de desfiles, entre tantas outras coisas. A equipe do Blog João Alberto conversou com Thiago Malva, digital influencer, que acompanha o evento, considerado o quinto maior no rol de semana de moda do mundo.

Olha só o que ele contou:

1. “Os modelos que trabalham nos lounges dos patrocinadores chamam mais atenção que os da passarela”.

2. “As pessoas que não têm convite andam desesperadas pelos corredores do SPFW e quase sempre conseguem entrar na sala de desfile, senta no lugar de outra pessoa e ficam à procura de um brinde alheio da primeira fila”.

3. “Nenhuma marca fica pra sempre no line-up. A cada edição, o público se surpreende com as marcas que se destacaram e na temporada seguinte desapareceram. Marcelo Sommer, Neon, André Lima e Zoomp são algumas marcas que bombaram em anos anteriores e hoje não desfilam”.

4. “Nenhuma modelo chama mais atenção que Gisele Bundchen. Já passaram Candice Swapanoel e outras Angels brasileiras pelo SPFW, mas nenhuma conseguiu a comoção do público como Gisele. Para entrar num desfile da Colcci sempre era uma confusão, com direito a empurra-empurra”.

5. “A função fashion mais cansativa é ser fotógrafo de Pit (tablado na ponta da passarela). Eles saem de uma sala e correm pra outra pra guardar o melhor lugar. Sem contar que eles ficam com raiva quando as modelos desfilam de um lado só da passarela. Já me confessaram que morrem de dor no dedo por ter que clicar centenas de vezes”.

6. “As papisas Glória Kalil e Costanza Pascolato são presenças garantidas em todos os desfiles. Todo mundo quer uma selfie com elas ou quer uma entrevista sobre as tendências. As duas são mais assediadas que a atual editora da Vogue”.

7. “Há dois anos, blogueiros não tinham muitas regalias no SPFW. Hoje elas tratadas quem nem celebridades. Tem até colunista famosa de jornal que agora tem apenas um blog”.

8. “Os desfiles demoram para começar em qualquer lugar do mundo. No SPFW, para entrar na sala, apagar a luz e finalmente começar a apresentação dura cerca de 40 minutos. Na London Fashion Week é a mesma coisa”.

9. “Paulo Borges, idealizador do evento, já foi barrado em sala de desfile anos atrás. O segurança ficou numa saia justa porque muita gente quer dar truque para entrar no desfile. Quando alguém realmente deveria entrar, acaba passando por um constrangimento. No momento, Paulo estava sem crachá e o segurança não o reconheceu”.

10. “Thassia Naves foi furtada durante esta temporada do SPFW. Levarem o novíssimo iPhone 6s Plus dela. Além disso, foi bem engraçada a situação de um fotógrafo que foi fazer uma foto de look do dia dela na Casa Jaguar, locação do desfile de Vitorino Campos, e acabou caindo na espelho d’água ao se afastar para obter o melhor ângulo”.

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On