Lipe Lucena, o cantor de 12 anos que faz sucesso no Recife

Talvez você não o conheça por causa da sua idade, mas entre os adolescentes da cidade, o recifense Luiz Felipe Lucena está fazendo o maior sucesso. Com 12 anos recém-completados, ele atende pelo nome artístico de Lipe Lucena e tem chamado a atenção de adolescentes e produtores locais com suas músicas de sertanejo universitário e forró.

Lipe Lucena. Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Lipe Lucena.
Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Lipe começou despretensioso cantando em festas de família a pedido dos parentes. “Sempre adorei música desde pequeno, então amava quando tinha uma oportunidade de cantar nas festas”, diz ele que chegou a fazer um curso de DJ aos 8 anos. A brincadeira começou a ficar mais séria quando Lipe passou a postar vídeos no Instagram, aos 9, cantando covers de artistas do gênero. “O pessoal começou a gostar e pedir mais vídeos, foi aí que eu escrevi minha primeira música ‘O dinheiro é meu'”, explica dizendo que foi a partir daí que seu trabalho passou a ser mais profissional.

Lipe Lucena. Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Lipe Lucena.
Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Nos últimos seis meses, sua carreira decolou. Foi chamado para a seletiva regional do The Voice Brasil Kids, em Fortaleza, gravou um jingle para uma marca de biscoitos da cidade e foi convidado para o seu primeiro show público, na praça de food trucks do Shopping Recife. “A partir daí passamos a receber mais ligações para ele fazer festas privadas, que é o que ele mais faz atualmente. Mas foi dessa apresentação no shopping que o Manhattan Café entrou em contato para um show”, explica Fabiana Lucena, mãe de Lipe.

No Manhattan, Lipe se apresentou em esquema matinê, durante a tarde, para uma plateia lotada de meninas e meninos entre 10 e 14 anos. “Tenho fãs de todas as idades, mas a faixa etária mais predominante no meu show mesmo são pessoas da minha idade e um pouco mais velhos, de 13 ou 14 anos”, conta o cantor mirim, que já foi parado em um restaurante por algumas fãs para tirar fotos. “Eu estava jantando com a minha família e elas me viram de longe. Aí vieram na mesa, cantaram uma música minha e, no final, uma pediu para tirar foto comigo”, lembra Lipe, que diz não se incomodar em atender as fãs. “Dessa forma eu vejo que as pessoas estão gostando do meu trabalho”, diz.

Lipe Lucena. Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Lipe Lucena.
Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

O dinheiro dos cachês é completamente reinvestido na carreira do garoto. “Se ele está precisando de um violão melhor, de um microfone mais profissional… É para isso que usamos o dinheiro. Na verdade, agora está sendo mais investimento da nossa parte. O lucro é a divulgação do trabalho dele”, garante a mãe. Lipe toca acompanhado de uma equipe que reúne sete músicos, incluindo baixista, tecladista, percussionista e uma backing vocal. “Eles me ajudam também a montar o repertório, me dão dicas de músicas que estão bombando e que acham que ficaria bem na minha voz”, conta Lipe, que tem uma relação muito próxima com os músicos, já que o guitarrista é seu professor de violão e a backing vocal, sua instrutora de canto. “Tenho aula de canto toda semana. A professora me passa exercícios para não forçar a voz e alguns de respiração também”, explica.

Lipe Lucena. Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Lipe Lucena.
Crédito: Paulo Paiva/DP/D.A Press

Atualmente Lipe cursa o 6º ano do Ensino Fundamental e, apesar da carreira estar decolando, ele se dedica antes de tudo aos estudos. “Ele ama cantar e se apresentar, mas eu sempre digo a ele que os estudos vêm primeiro. Ele não perde aula por nenhum compromisso relacionado à carreira. A escola é a prioridade”, explica a mãe. Para o futuro, a vontade é certa: se tornar cantor profissional. Lipe que cursar faculdade de música e seguir com a carreira de cantor. Entre os artistas que admira estão Gusttavo Lima e o nordestino Dorgival Dantas. “Admiro a forma como Gusttavo Lima faz a carreira dele, mas uma pessoa que me espelho muito quanto compositor e músico é Dorgival Dantas”, explica ele que canta músicas de autoria própria e covers desses artistas em seus shows.

Author: Beatriz Pires

Share This Post On