Eles não podem faltar nos casamentos: os bichinhos de estimação

nina-selo590O casamento reúne as pessoas mais importantes da vida dos noivos, todos que  querem bem e torcem pelo casal. Por isso é cada vez mais comum o bichinho de estimação estar presente durante o enlace dos seus donos. No blog já tivemos alguns casamentos que tiveram essas figuras ilustres entre os convidados, e eles roubaram a cena! Eles são fofos, carismáticos e as fotos com eles ficam incríveis!

Créditos: Antônio Félix/ Divulgação

Créditos: Antônio Félix/ Divulgação

Laís e Jordão são os papais do Joe, um Golden Retriever de 5 anos:

Joe é mais que um pet, ele é nosso filho! Jordão comprou ele um pouco antes de começarmos a namorar e por isso participou de todo nosso relacionamento. Por incrível que pareça, até quando brigávamos ele sentia! Ele sempre esteve presente em tudo, inclusive no vídeo do pedido de casamento que Jordão fez, então é claro que ele não poderia faltar ao grande dia! A princípio pensamos nele entrar com as alianças, mas achamos que a igreja não seria o lugar mais adequado, além disso precisaríamos adestra-lo. Então optamos por leva-lo para a recepção, apenas para uma foto conosco! Pensamos de que forma ele poderia participar sem que ficasse estressado, tivemos o cuidado de deixa-lo  todo tempo com uma pessoa que ele conhecesse  e colocamos apenas uma gravata borboleta ( pois ele não é acostumado a usar roupinhas).  Nosso casamento não teria sido a mesma coisa sem o Joe, pois ele faz parte da família e merecia compartilhar, nem que fosse por alguns minutos, da nossa felicidade aquele dia!” Lais Barros  (noiva)

Créditos: Antônio Félix/ Divulgação

Créditos: Antônio Félix/ Divulgação

-> PARA VER O CASAMENTO DE LAÍS E JORDÃO NA ÍNTEGRA CLIQUE AQUI!

Com Malu a força tarefa no casamento foi ainda maior. A cachorrinha da raça Shitzu é a paixão da noiva Maria Eduarda que fez questão que ela participasse do making of, além de entrar com as alianças…em um carrinho!

“Um verdadeiro esquema tático foi montado para que isso acontecesse. Contratamos um motorista apenas para ficar disponível levando Malu para o hotel onde ocorria o making of, lá ela fez algumas fotos comigo e depois voltou para casa. Por volta das 19 hs, ela foi levada para a recepção junto com o “pet stylist” que fez seu penteado e colocou a tiara. A roupa e tiara foi feita com o mesmo material das daminhas, sendo finalizado com um ninho de porta aliança preso ao vestidinho.” Maria Eduarda Pessoa de Melo (noiva)

Créditos: Ricardo nascimento

Créditos: Ricardo nascimento

O adestramento de Malu aconteceu 7 meses antes do casamento de Duda e Paulo, pois apesar de ser considerada tranquila, a cadelinha não convive com muitas pessoas o que a torna mimada e não muito sociável. Esse era o maior receio dos noivos com ainda um agravante: a prima da noiva, Maria Julia, que entraria com Malu, morria de medo da cachorrinha!

“O treinamento começou super cedo porque queríamos que Malu e Maria Júlia ficassem  mais integradas, e de fato, o adestramento as aproximou. Ele ocorria duas vezes na semana, e iniciou com regras de obediência e depois de um tempo simulavam o dia do casamento. 15 dias antes da festa começamos o treino no carrinho , o mesmo usado durante a cerimônia.Maria Eduarda Pessoa de Melo (noiva)

Créditos:  Ricardo nascimento/ Divulgação

Créditos: Ricardo nascimento/ Divulgação

-> PARA VER O CASAMENTO DE MARIA EDUARDA E PAULO NA ÍNTEGRA CLIQUE AQUI!

Créditos: Andrea Morais/ Divulgação

Créditos: Andrea Morais/ Divulgação

Diante dessas experiências, reunimos algumas dicas que você deve seguir antes de vestir seu cachorrinho(a) com trajes de gala, são elas:

– Se vai casar na igreja ou em um buffet procure saber se é permitida a entrada de animais;

– Locais abertos são ideais para os bichinhos de estimação, assim eles ficam mais à vontade!

– Não esqueça de tirar muitas fotos, esse momento é indescritível;

– Os ensaios pré-wedding com cachorrinhos fica lindo e especial

Créditos: Andrea Morais/ Divulgação

Créditos: Andrea Morais/ Divulgação

PARA VER MAIS FOTOS DO ENSAIO COM O PUG “TODDYNHO” CLIQUE AQUI!

– Adestre seu cão. Cães adestrados são mais seguros e não se assustam com facilidade, principalmente se o pet for entrar com as alianças , porque se trata de uma situação atípica, totalmente fora do cotidiano do bichinho. Todo cuidado do mundo para não estressar o pet. Outra opção é ele entrar na guia com alguém ( uma daminha ou pajem, irmã ou irmão da noiva por exemplo).

– Mesmo adestrado é importante que o pet tenha um perfil sociável. Não adianta forçar a barra, né?

– Deixe um responsável exclusivamente para cuidar do bichinho de estimação, alguém que ele tenha costume de ter por perto para que não estranhe ninguém em momento algum;

Créditos: Ricardo nascimento/divulgação

Créditos: Ricardo nascimento/divulgação

– Pense e esquematize como será o dia do animal. Quanto mais organizado for em termos de horários, comida, descanso, etc, mais tranquilo e satisfeito estará seu bichinho de estimação;

– Lojas de pet shop já possuem várias roupinhas para ocasião. Gravatas, véus, etc. Mas se quer algo exclusivo, vale encomendar a costureira uma roupa personalizada;

Beijos, e até a próxima!

Nina Lacerda

Autor:: Tatiana Sotero

Compartilhe este post sobre