Abertura do carnaval do Recife evidenciou a cultura pernambucana no palco do Marco Zero

selo carnaval governo

Naná Vasconcelos fez a abertura oficial do carnaval - Crédito: Roberto Ramos/DP.

Naná Vasconcelos fez a abertura oficial do carnaval – Crédito: Roberto Ramos/DP.

A abertura do carnaval do Recife não poderia ter traduzido melhor a grandeza e multiculturalidade da cidade. Nesta sexta, o Marco Zero foi tomado de foliões que não esperam até o Galo da Madrugada para começar o carnaval.

Naná Vasconcelos - Crédito: Roberto Ramos/DP

Naná Vasconcelos – Crédito: Roberto Ramos/DP

Com a clarinada e fogos, a festa oficialmente começou com a já tradicional abertura com Naná Vasconcelos regendo as nações de maracatu. Este ano a apresentação do percussionista contou ainda com tribos de caboclinhos e a participação de Lenine. Muito querido pelo público, o cantor entrou com sua música Na pressão, acompanhado do ritmo das alfaias.

Lenine - Crédito: Roberto Ramos/DP

Lenine – Crédito: Roberto Ramos/DP

Lenine subiu ao palco com Naná Vasconcelos - Crédito: Roberto Ramos/DP

Lenine subiu ao palco com Naná Vasconcelos – Crédito: Roberto Ramos/DP

Um dos homenageados do carnaval, Maestro Forró escolheu um jeito de entrar no palco que combina com sua irreverência: por uma tirolesa. Atravessou a multidão pelo alto, e já começou a animar a plateia com gritos de “frevo!”, que repetiu durante toda a apresentação.

Maestro Forró chega de tirolesa ao palco do Marco Zero - Crédito: Roberto Ramos/DP

Maestro Forró chega de tirolesa ao palco do Marco Zero – Crédito: Roberto Ramos/DP

O Maestro e a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério receberam no palco diversos convidados como Almir Rouche, André Rio e Nena Queiroga, Lenine, Otto, Johnny Hooker, Luiza Possi, Chico César e Elba Ramalho. Os frevos tradicionais foram a marca do show, mas contou com algumas surpresas.

Maestro Forró - Crédito: Roberto Ramos/DP

Maestro Forró – Crédito: Roberto Ramos/DP

Lenine mais uma vez regeu o público que cantou em coro Leão do Norte. Um dos pontos altos da noite foi a participação de Johnny Hooker, que incendiou o Marco Zero. Após momentos mais frios do espetáculo, quando o cantor entrou no palco cantando Alma Sebosa foi acompanhado do começo ao fim pela multidão e muito aplaudido. Outro ponto interessante foi a versão rock-frevo de Negro Gato com Cannibal.

Maestro Forró - Crédito: Roberto Ramos/DP

Maestro Forró – Crédito: Roberto Ramos/DP

Já no fim da apresentação, uma homenagem a Chico Science fez os músicos da Orquestra da Bomba do Hemetério se juntarem aos foliões e pularem no palco ao som de A Praieira e Maracatu Atômico. Durante toda a noite, não faltou frevo, animação e a promessa de um ótimo carnaval. Veja mais fotos:

Spok e Maestro Forró - Crédito: Roberto Ramos/DP

Spok e Maestro Forró – Crédito: Roberto Ramos/DP

Inaldo Fernando e Emilayne Gomes, Rei e Rainha do carnaval - Credito: Roberto Ramos/DP.

Inaldo Fernando e Emilayne Gomes, Rei e Rainha do carnaval – Credito: Roberto Ramos/DP.

Nena Queiroga - Credito: Roberto Ramos/DP.

Nena Queiroga – Credito: Roberto Ramos/DP.

Luiza Possi - Crédito: Roberto Ramos/DP

Luiza Possi – Crédito: Roberto Ramos/DP

Chico César e Johnny Hooker - Crédito: Roberto Ramos/DP

Chico César e Johnny Hooker – Crédito: Roberto Ramos/DP

Camilo Simões - Crédito: Roberto Ramos/DP

Camilo Simões – Crédito: Roberto Ramos/DP

Sileno Guedes, André de Paula, Isaltino Nascimento e Jão Fernando Coutinho - Crédito: Roberto Ramos/DP.

Sileno Guedes, André de Paula, Isaltino Nascimento e Jão Fernando Coutinho – Crédito: Roberto Ramos/DP.

Luiza Nogueira, Raul Henry, Lenine, Paulo e Ana Luiza Câmara - Crédito: Roberto Ramos/DP.

Luiza Nogueira, Raul Henry, Lenine, Paulo e Ana Luiza Câmara – Crédito: Roberto Ramos/DP.

Luciana Santos e Waldemar Borges - Crédito: Roberto Ramos/DP

Luciana Santos e Waldemar Borges – Crédito: Roberto Ramos/DP

Lenine, Raul Henry e Paulo Câmara - Crédito: Roberto Ramos/DP

Lenine, Raul Henry e Paulo Câmara – Crédito: Roberto Ramos/DP

Cristina Mello e Naná Vasconcelos - Crédito: Roberto Ramos/DP. BLOG/COLUNA JA

Cristina Mello e Naná Vasconcelos – Crédito: Roberto Ramos/DP. BLOG/COLUNA JA

Cristina Mello e Geraldo Júlio Credito: Roberto Ramos/DP

Cristina Mello e Geraldo Júlio Credito: Roberto Ramos/DP

Cristina Mello e Geraldo Júlio com os filhos - Crédito: Roberto Ramos/DP

Cristina Mello e Geraldo Júlio com os filhos – Crédito: Roberto Ramos/DP

Compartilhe este post sobre