The Cromwell: Um hotel dos sonhos num local top de Las Vegas

Fotos:SMW

The Cromwell

Cada vez que vou a Las Vegas encontro um hotel novo. Agora foram dois. Um deles, o The Cromwell, que fica num espaço na esquina da Strip com a Flamingo Road, exatamente numa área que originalmente era ocupada pelo Flamingo, que manteve-se ao lado. O The Cromwell foi o primeiro boutique hotel de Las Vegas da Strip. Logo depois, surgiu, ao lado, o Linq, onde fica a famosa Roda Gigante da cidade – a mais alta do mundo- que se transformou numa das maiores atrações turísticas da cidade.

O The Cromwell fica exatamente ao lado do Bally’s, onde fiquei hospedado. Foi só atravessar a passarela por cima da movimentada Flamingo Road para chegar ao hotel. Fui conhecer suas instalações, que primam pelo clima discreto, como todo bom hotel boutique, a começar do saguão, que lembra um salão antigo, com estantes repletas de volumes com encadernação de couro. Lá os hóspedes fazem check-in para uma dos seus 188 apartamentos (cifra irrisória para os padrões de Las Vegas) acomodações de luxo em um ambiente íntimo, parisiense de inspiração, uma mistura de modernidade com vintage, um hotel capaz de encantar toda pessoa de bom gosto. No hall, 24horas por dia, os hóspedes têm à disposição sala com chá, café quentinho e leite.

Uma estadia no The Cromwell tem tudo para ser inesquecível. Sua localização é privilegiada, num dosa lugares mais nobres de Las Vegas, exatamente em frente ao Caesar Park, onde se pode chegar, por passarela, que se adapta a outros hotéis como o Bellagio.Está perto de algumas das principais atrações da cidade. As acomodações têm um clima sexy, inspirado em Paris. Os quartos têm iluminação baixa e piso em tons amadeirados, cabeceiras grandes e mobiliário vintage. Nos banheiros, há duchas a vapor e produtos de banho da Muk.

avegas16The Cromwell

Giada De Laurentiis, famosa autora e personalidade de televisão da Food Network, está por trás do Giada, um restaurante com mais de 900 metros quadrados. Situado no segundo andar, ele tem um pátio com vistas de tirar o fôlego para a Strip e as Fontes do Bellagio. A culinária italiana tem algumas influências californianas. Os pratos assinados incluem espaguete ao limão, enrolado de berinjela, almôndegas de frango com ervas e marsala e biscoitos de ricota e limão. O Giada fica aberto para café da manhã, almoço e jantar, mas é bom lembrar, está entre os mais caros da cidade,

avegas'14The Cromwell

avegas16The Cromwell

O hotel tem um cassino de 3.800 metros quadrados, com 66 jogos de mesa, quase 440 máquinas caça-níqueis, uma sala para limites altos e uma sala de jogos reservada. É um clima bem mais traquilo que o dos outros cassinos de Las Vegas. Bound by Salvatore, o lobby bar, oferece os drinks assinados pelo bartender mundialmente famoso Salvatore Calabrese, incluindo o espumante Cromwell Fizz, The Breakfast Martini e café expresso Keep Me Awake Bro and Never Say Goodnight. Além disso, há um bar e lounge centralizado chamado Interlude. avegas12The Cromwell

No 11º andar encontra-se o Drai’s Beach Club & Nightclub, um clube de piscina no terraço e um local de eventos noturnos. O clube Drai’s After Hours, localizado abaixo do piso térreo, adota um conceito de festas durante a madrugada. Para completar as comodidades do The Cromwell, há uma sala de musculação 24 horas e uma loja de presentes chamada Curios que vende de tudo, de joias a alimentos gourmet e acessórios diferentes.

avegas14The Cromwell

Apesar de tanto luxo, a diária está dentro do padrão de baixo custo da hotelaria de Las Vegas. Adiária fica em torno de US$ 150 (R$ 600)

 

Author: João Alberto

Share This Post On