A dificuldade de substituir Mônica Iozzi

Maíra Charken e Otaviano Costa/TV Globo/Divulgação

Maíra Charken e Otaviano Costa/TV Globo/Divulgação

Maíra Charken mostrou, logo em sua estreia como apresentadora do “Vídeo Show”, a grande dificuldade que a espera. Ao lado de Otaviano Costa, a atriz tem a missão de substituir Monica Iozzi, que ficou menos de um ano no posto, mas ajudou a dar uma nova cara ao programa.

Com um estilo despojado e debochado na bancada, Monica criou uma dupla muito divertida com Otaviano, transformando o tradicional “house organ” da Globo em uma “revista” bem-humorada, com espaço para brincadeiras e imitações com concorrentes. A atriz atraiu um público mais jovem para o “Vídeo Show” apostando em uma relação informal com os galãs da emissora, por quem se dizia apaixonada.

Foi justamente esta característica que Maíra tentou imitar em sua estreia. Entrevistando Rodrigo Santoro, que não a conhecia direito (a chamou de “Maiara”), a nova apresentadora foi logo dizendo: “Deixa eu perguntar. Rô, quer namorar comigo?”. Soou forçado, o pior pecado para alguém atrás de uma bancada. Em resposta à observação que fiz, Maíra escreveu em sua conta no Twitter: “Aquela sou eu mesma. Namoraria o Santoro fácil!”

Maíra tem todas as condições para se dar bem na tarefa, mas precisa encontrar um caminho próprio, longe da sombra da antiga apresentadora. (Com informações de Mauricio Stycer)

 

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre