Armani anuncia fim do uso de peles em suas coleções

Giorgio Armani - Crédito: Reprodução/Twitter

Giorgio Armani – Crédito: Reprodução/Twitter

Na onda de uma moda mais sustentável e ecológica, o grupo Armani anunciou que não vai mais utilizar pele de animais nas suas peças. A decisão já será posta em prática nas coleções de Inverno/2017, que chegam às lojas do Hemisfério Norte no segundo semestre deste ano. A mudança de postura da marca vem em parceria com a The Humane Society of The United States e a Fur Free Alliance, após anos de críticas, principalmente da organização PETA, sobre o uso de peles de coelho, por exemplo.

Look da coleção de inverno/2017 da Armani - Crédito: Reprodução/Twitter

Look da coleção de Inverno/2017 da Armani – Crédito: Reprodução/Twitter

Segundo o comunicado, Giorgio Armani defende que “O progresso tecnológico dos últimos anos nos permite ter uma série de alternativas a nossa disposição, todas excluindo práticas cruéis e desnecessárias contra animais. Minha empresa está dando um passo enorme, que reflete nossa crescente atenção aos problemas críticos do meio-ambiente e dos animais”. Entre as grifes do grupo estão Armani Privé, Giorgio Armani, Emporio Armani e Armani Exchange.

Compartilhe este post sobre