Os melhores coquetéis do Recife

Crédito:  Charles Johnson/Divulgação

Crédito: Charles Johnson/Divulgação

Seis pernambucanos estão na final regional, hoje e amanhã do World Class Competition 2016, maior campeonato de coquetelaria do mundo, que teve 28 candidatos: Paulo Roberto, do Sheraton, Luan Neves, do Haus, Luciano Guimarães, do Loft Concept, Everton Gomes, do The Gentleman, Marco Melo Guimarães, do Brasse, e Márcio Felipe do Budhakan.

Os concorrentes foram classificados após a realização de duas ondas do Cocktail Journey, uma das etapas do World Class. São duas edições que selecionam os finalistas, onde os bartenders precisam criar uma receita autoral dentro do tema estabelecido: em 2016 foi Tanqueray & Tonic, um dos clássicos da coquetelaria. Dos inscritos, 28 bartenders foram para a final regional.

Neste final de semana,, um júri composto por profissionais técnicos do setor, com a presença dos embaixadores da DIAGEO Nicola Pietroloungo e Paulo Freitas (que foi campeão do World Class Competition Brasil em 2012), jornalistas e formadores de opinião, visitará todas as casas onde os participantes atuam para a avaliação. A experiência será analisada como um todo, desde o atendimento, interação do bartender com o cliente, criatividade das receitas, e tempo e qualidade de execução dos drinques. O tema é livre, cada bartender vai criar e apresentar uma receita autoral.

Os vencedores regionais vão disputar a grande final, que esse ano conta com candidatos do Brasil e do Uruguai. O evento acontece em São Paulo, nos dias 23 e 24 de maio. Cada país terá um representante na final global, em Miami, nos Estados Unidos, onde irão competir com mais 68 bartenders do mundo.

Author: João Alberto

Share This Post On