Ana Hickmann critica denúncia ao cunhado por homicídio de fã

Ana Hickmann - Crédito: Reprodução/Twitter

Ana Hickmann – Crédito: Reprodução/Twitter

O caso do atentado sofrido por Ana Hickmann, em maio, teve uma reviravolta. O cunhado da apresentadora, Gustavo Henrique Bello Correa foi indiciado pelo Ministério Público por homicídio doloso, quando há intenção, e a Justiça aceitou a denúncia. Antes, a polícia havia dito que era um caso de legítima defesa. Gustavo matou Rodrigo Augusto de Pádua, o fã de Ana que invadiu o quarto da apresentadora em um hotel em Belo Horizonte.

A denúncia do Ministério Público alega que Gustavo atirou em Rodrigo mesmo após o fã está imobilizado e caído no chão, sem oferecer resistência. Ontem, em entrevista para a TV Record, Ana Hickmann criticou a decisão e defendeu o cunhado. “Que homem em sã consciência, vendo as pessoas que ele ama sendo alvejadas, não ia tomar uma atitude?”, questionou a apresentadora.

Gustavo e Giovana - Crédito: Reprodução/Twitter

Gustavo e Giovana – Crédito: Reprodução/Twitter

A esposa de Gustavo, Giovana Oliveira, que foi baleada durante o atentado, também defendeu o marido nas redes sociais. “Meu amor, você não merece tanta injustiça, depois de tudo o que passamos, o que precisávamos era um pouco de paz.”, escreveu a assessora.

Leia mais:

Atirador invade hotel para matar Ana Hickmann em Belo Horizonte

Share This Post On