Uma noite romântica no Classic Hall com José Augusto e Bruno & Marrone

Por André Clemente / Especial para o Blog João Alberto

 

Bruno & Marrone - Crédito: João Vitor Alves

Crédito: João Vitor Alves

A noite de sexta no Classic Hall foi de hits. Depois do esquenta com o cantor Lucas Costa, a casa estava pronta para receber José Augusto com o seu set já conhecido do público. A apresentação teve um ponto alto: o cantor escolheu grandes sucessos de novelas e resgatou a letra da cabeça dos fãs. Ainda assim, não tinha como fugir da mais esperada “Aguenta coração”, mas ele deixou para o fim do show, seguida pelos sucessos “Evidências” e “Sonho por sonho”.

Crédito: João Vitor Alves/Divulgação

Crédito: João Vitor Alves/Divulgação

Bruno e Marrone entraram e a interação foi ainda maior entre plateia e palco. Para se ter ideia, Bruno já adiantou que o tempo de show não daria para todas as músicas da dupla. De fato. Quem gosta do show se sentiu atendido, mas o volume de músicas de sucesso na conta da dupla deixou uma sensação de “faltou cantar várias”. Bruno manda no palco, sustenta como poucos a potência vocal por todo o show, e ouviu da plateia o pedido de músicas, boa parte atendido. “Dormi na praça” foi a da despedida.

Crédito: João Vitor Alves

Crédito: João Vitor Alves

Ponto negativo: a área de open bar faltou cerveja antes da meia noite, gerando brigas e discussões em alguns momentos entre clientes, atendentes e seguranças. As cervejas, quando foram repostas, eram servidas muito “quentes” e não houve tempo para gelar até o fim da última banda. A área de open custava R$ 120.

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On