Pet Friendly: locais que aceitam a entrada de cachorro no Recife

Colaboração de Thayse Boldrini

Crédito: Divulgação/pinterest.me

Foto ilustrativa – Crédito: Divulgação/Pinterest

Quem tem um melhor amigo peludo e de quatro patas deve saber o quanto é difícil encontrar lugares no Recife que possuem o selo pet friendly. Em outras palavras: locais que seu pet é bem-vindo. Apesar das restrições da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), alguns estabelecimentos oferecem área externa aos clientes que chegam acompanhados por animais, mas claro, fazem uma lista de exigências, entre elas o uso de coleira e se necessário, focinheira.

Crédito: Divulgação/petparent.me

Crédito: Divulgação/petparent.me

Enquanto nos Estados Unidos existe delivery de comida para cachorros e em São Paulo muitos restaurantes e bares chegam a servir ração e potinhos de água para os animais, a política pet friendly ainda é pouco disseminada na capital pernambucana. O Brasil, inclusive, é um grande mercado no segmento e já se registram mais de 132 milhões de animais domésticos – um número que não para de crescer. Selecionamos uma lista com os lugares que os pets são bem-vindos no Recife, e a grande maioria abre as portas para cachorro de médio e pequeno porte, confira:

Café com Dengo (Rosarinho)

Localizada no Rosarinho, a cafeteria oferece um área externa com coberta especial para os pets. O local, que tem capacidade para 30 pessoas, ainda oferece um picolé da La Cãosine como cortesia para os animais. O estabelecimento, no entanto, solicita que os animais, de qualquer porte, fiquem de coleira e sempre perto do dono.

Pense Leve (Várzea)

Com capacidade para seis pessoas, no bairro da Várzea, a área externa do restaurante pode receber a visita dos animais de quatro patas. Lá, eles recebem água e biscoitinhos e devem usar a guia o tempo todo.

Malakoff Café (Recife)

O café também reserva uma área para os pets. Trata-se de um espaço externo com capacidade para 20 lugares, que recebe cães de pequeno e médio porte.

Shopping Recife

O Shopping Recife permite a circulação de cães e gatos desde que o transporte seja feito em carrinhos apropriados que estão disponíveis na loja Cão Q Ri para aluguel. Custa R$15 por dia e comporta animais de até 10kg. Em ambientes lotados como shoppings, é aconselhável manter o pet na coleira e se manter distante das áreas de alimentação.

Foto ilustrativa - Crédito: Divulgação

Foto ilustrativa – Crédito: Divulgação

Shopping RioMar

Os clientes do mall podem alugar um carrinho no Pet Shop para circular com o seu animal. A entrada deles também é permitida, desde que estejam no colo/braço e sejam de pequeno porte,  com uso de coleira. O aluguel do carrinho custa R$15 por dia.

Shopping Guararapes

Para circular no centro de compras com o pet, o proprietário deve segurar o bichinho no braço ou alugar um carrinho e uma fralda higiênica por R$ 15 no Pet Shop Cão Q Ri.

Crédito: Teresa Maia/DP

Crédito: Teresa Maia/DP

Dear Donuts (Boa Viagem e Rosarinho)

O estabelecimento não faz restrições à presença de animais desde que ele esteja com o dono, com coleira e fiquem na área externa.

Ferreira Costa (Tamarineira)

As lojas de construção da rede permitem a entrada de pets de pequeno e médio porte e disponibilizam até um suporte que pode ser acoplado ao carrinho de compras. Esse aparelho não tem custo nenhum para os clientes e pode ser usado durante a permanência na loja.

Crédito: Divulgação/Ice Pet

Foto meramente ilustrativa – Crédito: Divulgação/Ice Pet

Lalá Café (Espinheiro)

Os pets são bem-vindos na parte externa da cafeteria, que tem capacidade para 20 pessoas. Lá, os bichinhos, de qualquer porte, devem estar usando a guia e ainda recebem uma tigela de água.

DeGusta Paleteria (Pina)

Além de permitir a entrada, o pet poderá provar uma paleta especial na matriz da rede, no Pina. Disponível para cães com guia e de todos os portes, a loja oferece opções de picolé para os peludos. Existem paletas com vários sabores, entre elas Melancia com Hortelã, Água de Coco, Banana com Aveia e Cenoura com Beterraba.

Ramada Hotel & Suítes (Boa Viagem)

O hotel, que tem sua sede a 500m da praia de Boa Viagem, recebe pet com até 50 cm. Nas dependências dos apartamentos, os donos podem até solicitar um Kit com cama, 2 tigelas para agua e comida e brinquedinhos para o bichinho. Esse suporte custa R$ 50 + 5% da diária. Nas áreas sociais, os pets só podem circular de coleira e nos braços do proprietário.

Dorinnhaa Studio de Beleza (Boa Viagem)

O badalado salão de beleza, localizado em Boa Viagem, permite apenas a entrada de animais de pequeno porte. Os pets devem ficar no colo ou nos braços do dono durante toda a espera e atendimento. O estabelecimento não possui nenhum serviço para os bichinhos e só recomendam que eles estejam com coleira.

Foto ilustrativa - Crédito: Pinterest

O Hotel Ramada, no Recife, possui o selo Pet Friendly – (Foto ilustrativa) – Crédito: Pinterest/Divulgação

Haus Lajetop e Beergarden (Pina)

O restaurante/bar aceita entrada de cachorros de pequeno e médio porte com coleira na aérea externa ou no espaço que definem como laje. No local, não é oferecido nenhum serviço especial para pets.

Empório HD (Boa Viagem e Praça do Entroncamento)

O empresário Heracliton Diniz, nome à frente da Emporio HD, permite a entrada de cachorro de pequeno porte e recebe a visita dos peludos frequentemente. A única exigência é que o animal esteja de coleira.  Na loja, as atendentes chegam a servir água para os peludos.

Crédito: Teresa Maia/DP

Crédito: Teresa Maia/DP

My Burguer (Casa Forte)

No My Burguer de Casa Forte existe uma mesa  na área externa com uma paquinha “Pet Friendly” e normalmente está sempre ocupada. Na maioria das vezes, são cachorros de pequeno porte que ficam ao lado do dono fazendo companhia durante o passeio.

Ville Vie (Pina)

Juliana Markan não só aceita a entrada de cachorro de qualquer porte na sua loja como também é dona de três, dois da raça Spitz Alemão e outro da raça Golden Retriever, que vivem circulando pela loja e até chamam atenção das clientes.

Forneria 1121 (Aflitos)
A casa, que tem capacidade para 130 pessoas, possui uma área externa, onde funciona o bar em que os clientes podem levar cachorro de médio e pequeno porte. Os sócios Fernando e Otávio de Melo pedem para que os animais fiquem de coleira e próximos aos donos durante todo o tempo que estiverem no estabelecimento,

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Author: Juliana Freire

Share This Post On