Ivete Sangalo mostra indignação contra homofóbicos

Crédito: GNT/Divulgação

Crédito: GNT/Divulgação

Entrevistada pelo apresentador Amaury Jr., a cantora Ivete Sangalo saiu mais uma vez a frente na luta contra a homofobia. Considerada uma das personalidades brasileiras mais importantes do país, pela revista Forbes, Ivete foi questionada pelo entrevistador sobre a importância do papel do artista junto à população. “A responsabilidade está exatamente ai, quando eu me tornei uma pessoa pública, eu me tornei porque eu sou uma cantora. É um equívoco achar que o artista tem que dar opiniões sobre assuntos dos quais ele não tem total compreensão. Isso é ser responsável. Acho o que eu propus ao público, é ser cantora, a minha responsabilidade e falar de coisas que sejam de comum acordo e que jamais mudarão na minha cabeça como: homofobia é crime, tem que prender, tem que fazer valer essa lei, porque isso é um absurdo. Não existe um porquê de alguém agredir outra pessoa por uma orientação sexual, por uma religião, por uma cor de pele, pelo sexo, classe social, elevador social, elevador de serviço. Ai eu vou até o fim!“, finalizou Ivete.

 

Author: Juliana Freire

Share This Post On