Após Êta Mundo Bom, Klebber Toledo protagoniza filme e dirige musical

Crédito: Vicente de Castro/Divulgação

Klebber em ensaio exclusivo no Rio de Janeiro – Crédito: Vicente de Castro/Divulgação

Após o fim da novela Êta mundo bom, Klebber Toledo está com a agenda cheia e não deve dar uma pausa no trabalho nem tão cedo. Ele integra o elenco do filme 3000 Dias no Bunker, inspirado na obra homônima de Guilherme Fiuza, autor de Meu Nome Não É Johnny, que deve estrear em setembro. O longa dirigido por Rodrigo Bittencourt vai contar a história do Plano Real, abordando tudo sobre o controle do Banco Central, Mensalão, entre outros temas relacionados ao assunto.

Foto: Carol Caminha/TV Globo

Foto: Carol Caminha/TV Globo

Klebber fez uma participação especial na primeira parte do filme, que mostra o contraste e a personalidade do personagem principal. “Li um pouco do livro, busquei referências com meu diretor. Eu já sou bem ativo politicamente, gosto do assunto, então pra mim fica mais fácil”, explicou o ator em entrevista exclusiva ao Blog João Alberto.

Foto: Pedro Carrilho/Gshow

Foto: Pedro Carrilho/Gshow

Klebber também está engajado em um novo desafio na carreira. Pela primeira vez,  ele vai dirigir uma peça de teatro: Isaurinha Samba Jazz e Bossa Nova, de sua produtora, a 13th produções. “Esse espetáculo já foi montado duas vezes. Já atuei e agora vou dirigir e produzir, acho que dessa vez não vou atuar. Eu entendo muito bem a história, sou amigo pessoal do neto de Isaurinha e conheço muito bem a vida dessa mulher. Por isso, sei direcionar os atores e estou bem engajado para agregar o projeto”, contou. A peça vai aos palcos em 2017 em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas Klebber adianta que deve fechar uma turnê no Nordeste, incluindo Recife no roteiro.

Salvar

Salvar

Salvar

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On