Oswaldo Montenegro apresenta novo show no Recife

Por Sarah Eleutério
Especial para o Blog João Alberto

O nome não poderia ser mais sugestivo. Trilhas mostra toda a estrada percorrida pelo cantor e compositor Oswaldo Montenegro, na estrada desde 1979. Além de nunca ter pausado suas turnês, o nome do show também sugere sua vida como compositor, já que foi sempre da estrada que Montenegro escreveu suas inúmeras canções para cinema, balé, teatro e TV. A apresentação no Recife acontece no Teatro Guararapes, neste sábado, às 21h. Os ingressos, à venda na bilheteria do teatro, no site Evertim e nos quiosques do Ticket Folia, custam de R$ 55 a R$ 150.

Crédito: Reprodução facebook

Crédito: Reprodução facebook

No entanto, esta nova turnê promete algo a mais ao público que está acostumado às clássicas canções do artista. Um verdadeiro passeio por músicas e textos criados por Oswaldo para enredos e personagens consagrados pelo público e pela crítica. A apresentação vai do musical, que virou livro infantil premiado pelo MEC, O Vale Encantado, a grandes obras como Sem mandamentos e o texto final Pense em coisas lindas.

Para um público habituado a músicas como Leo e Bia, Condor, Bandolins, Intuição, A Lista e uma séria de canções mais comuns ao gosto dos fãs, o menestrel e sua banda trarão algumas peças raras em seu show, a exemplo de Aos Filhos de Sagitário, composta para o musical A Dança dos Signos; Simpatia de Giz, de A Aldeia dos Ventos; Taxímetro, da peça Noturno; além de Cigana e Coração de todo mundo, temas de Mayã – Uma Ideia de Paz.

Muito além de uma apresentação de músicas, do seu primeiro longa-metragem, “Léo e Bia”, serão mostradas a cena final, “Coisas de Brasília” e a música título. (“Uma raridade no cinema brasileiro. Ousado e criativo.” Luiz Carlos Merten, crítico do Estadão). Do seu segundo filme “Solidões”, Montenegro canta “A Lógica da Criação” e “A Lista”. (“Um dos filmes mais originais dos últimos anos”. Paulo Henrique Fontenelle, premiado diretor dos filmes Loki, Dossiê Jango e Cássia). Do terceiro longa, lançado em 2016, o artista traz as inéditas “Sim” e “O Perfume da Memória” (música título do filme). Da websérie “Nossas Histórias”, lançada em seu canal do YouTube (www.youtube.com/oswaldomontenegro), Oswaldo canta a música que deu nome ao projeto.

Ou seja, o show “Trilhas” é um verdadeiro prato cheio para quem gosta não apenas do Oswaldo Montenegro cantor, mas o compositor que passeia por teatro, dança, cinema e mostra toda a sua trajetória, que transborda arte por toda parte.

Autor:: Tatiana Sotero

Compartilhe este post sobre