Personalidades inspiram pratos do Cacimba Bistrô em Noronha

A repórter viajou a convite de Auricélio Romão

Fernando e Auricelio Romão, sócios à frente do Cacimba em Noronha - Crédito: Thayse Boldrini/DP

Fernando e Auricelio Romão, sócios à frente do Cacimba em Noronha – Crédito: Thayse Boldrini/DP

Fernando de Noronha: Depois de abrir as portas do Varanda, considerado seu “primeiro filho” na ilha, Auricélio Romão idealizou o Cacimba, um lugar descolado em que personalidades dão nome aos pratos. Bruno Gagliasso, Patricia Poeta, Daniela Mercury, Evaristo Costa, são apenas alguns deles. O bistrô, pioneiro no arquipélago, fica no coração do centro histórico da Vila dos Remédios, ao lado do Palácio São Miguel, com vista para a praça e toda a movimentação dos turistas que circulam pelo local. São eles, inclusive, que lotam as mesas do espaço, vindos de vários lugares do mundo. “Até Sheik já passou por aqui”, disse Auricélio.

Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

Coreanos, australianos e americanos também provaram das iguarias que o chef oferece em um menu repleto de variedades, em que os clientes podem sugerir novidades a qualquer momento. O ambiente contempla um verdadeiro mix do rústico com o sofisticado. Aos quatro cantos, fotografias dos pratos principais ilustram as paredes, mas o lounge, esse sim, é um dos mais disputados. As mesinhas baixas com almofadas na área externa do Cacimba reúnem famílias, turmas de amigos, famosos, e aqueles que curtem uma boa música, na tranquilidade da ilha, tomando uma taça de vinho, um bom drink ou champanhe.

Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

O Cacimba ganhou ainda mais holofotes depois da participação de Auricélio Romão no Programa Estrelas, de Angélica, quando criou o “Polvo ao molho de coco fresco”, uma receita especial exibida na atração, com mix de pimentões, servido com purê de batata doce e castanha de caju. De comer ajoelhado.
No Cacimba, Auricélio consegue receber cerca de 60 pessoas, e não tem um dia sequer que não esteja lotado. Prova disso é que o espaço vai muito além do bistrô e acabou virando cenário para muitos casamentos na ilha. Ontem mesmo já teve um e a agenda continua disputada. Auricélio é quem cuida de todo o buffet, organiza o bistrô para receber os convidados, contabilizando nove casamentos na conta.

Pastéis de lagosta Bruno Gagliasso - Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

Pastéis de lagosta Bruno Gagliasso – Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

O menu do Cacimba vai começar a passar por uma reformulação, com mais novidades – mantendo os tradicionais – e novas homenagens a partir de março de 2016. Até lá, as entradinhas mais procuradas são os pasteis de lagosta Bruno Gagliasso, com molho de maracujá e gengibre, o ceviche Zé Maria Sultanum, que serve até três pessoas, e as lascas de carne ao molho Blue Cheese, referência ao jornalista Marcelo Katsuki.

image

Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

O top 1 do ranking dos pratos principais fica sob a batuta do amigo e chef Cesar Santos: filé de peixe, com camarão ao toque de gengibre com arroz de curry e banana da terra crocante, seguido pelo famoso Polvo das Estrelas (Angélica) e a carne de sol em homenagem a Francisco José. Para atender aos inúmeros pedidos de restrições Auricélio lista criações veganas e vegetarianas no menu.

Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

Crédito: Rodrigo Valença/Divulgação

Quem gosta de apreciar uma boa sobremesa vai se deparar com inúmeras delícias, desde o brownie Camila Coutinho, os churros de doce de leite e Nutella Daniela Mercury e Malu Verçosa e um delicioso petit gateau de doce de leite. Na casa, o ticket médio é de R$150. E tem novidade vindo por aí: Durante o período de réveillon, Auricélio quer lançar um serviço de fast food, na madrugada, na área externa do Cacimba com opção de hambúrguer para quem quer aquela comidinha rápida pós-badalação e não encontra na ilha, afinal, os restaurantes fecham por volta de 0h.

Leia também:
– Restaurante Varanda, em Noronha, é destaque em premiação
– Os passeios mais procurados em Fernando de Noronha

Autor:: Thayse Boldrini

Compartilhe este post sobre