Procurando Dilma no Palácio do Planalto

Dilma Rousseff/Ag. Brasil

Dilma Rousseff/Ag. Brasil

Uma história deliciosa contada por Lauro Jardim no seu blog:

Uma secretária do terceiro andar Palácio do Planalto, onde fica o gabinete do presidente, atendeu na terça-feira um telefonema insólito.

— Bom dia. Eu gostaria de falar com a senhora Dilma Vana. É da NET.

A secretária respondeu educadamente:

— Senhora, a presidente Dilma não trabalha mais aqui. Ela mora em Porto Alegre.

A funcionária do telemarketing ignorou o que ouviu:

— A senhora tem um telefone em que eu possa encontrá-la?

— Não tenho — respondeu a secretária.

A atendente seguiu no piloto automático:

— A que horas eu posso encontrá-la?

— Você não entendeu. Você está falando com a Presidência da República. A Dilma Vana que vocês estão procurando é a presidente Dilma Vana Rousseff. Ela não é mais a presidente. O presidente agora é o presidente Michel Temer.

A atendente agradeceu e desligou.

Dez minutos depois, um novo funcionário da NET liga e, novamente, a secretária explica tudo de novo e ele também desliga, resignado.

Meia hora depois, a primeira telefonista liga de novo e pede, novamente, para falar com Dilma. Só desligou depois de uma série de perguntas e ter certeza de que estava falando com o Palácio do Planalto.

(Nenhum dos dois atendentes da NET que telefonaram à procura de Dilma no Planalto explicaram — nem a eles foi perguntada — a razão para buscarem Dilma. Não disseram tampouco se a procuravam para falar de uma assinatura existente ou para vender um plano.)

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre