Hipster da Federal vai ser punido

Fábio Pochat e Lucas Valença/TV Record/Divulgação

Fábio Porchat e Lucas Valença/TV Record/Divulgação

Para você que achava que só nos restava o “japonês da Federal”, agente com traços orientais que encaminhou muita gente poderosa para xilindró na Operação Lava Jato, eis que surge o “Hipster da Federal”.

Trata-se do agente da Polícia Federal Lucas Valença, conhecido nacionalmente como “Hipster da Federal” após prender o ex-deputado Eduardo Cunha, na semana passada, na Operação Lava Jato. Logo após sua aparição em rede nacional conduzindo Cunha, o agente bonitão ganhou fama nas redes sociais, e virou sucesso na mídia.

De olho no que os 15 minutos de holofotes poderiam lhe render, Lucas tirou férias da corporação e começou a participar de programas de TV e entrevistas em geral.

“Encontro com Fátima”, “Programa do Porchat”, entrevistas para sites, jornais, revistas….

Só tem um probleminha: a Polícia Federal não gostou nada de ver um agente dando entrevistas sem pedir autorização aos seus superiores. Isso mesmo.

A PF vai abrir um processo disciplinar contra o rapaz.Segundo a PF, esse processo será baseado nas normas da corporação, que não permite que um de seus funcionários (mesmo em férias) participem de entrevistas sem autorização prévia do órgão. Lucas Valença desrespeitou as normas internas, indo a programas sem autorização.O agente já responde um processo administrativo no órgão, anterior ao caso de Cunha.Desta vez, ele pode ser severamente punido pela PF. E não deve mais aparecer em ações da PF de grande visibilidade (Com infomrações de Keila Jimenez)

 

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre