O sofrimento de Julião Konrad

Julião Konrad e Marlene. Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Julião Konrad e Marlene.
Crédito: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Julião Konrad estava inconsolável com o acidente com o time da Chapecoense.. Ele é sócio honorário do time, muito amigos dos diretores que faleceram e de alguns jogadores e do técnico Caio Júnior, que costumava receber no Spettus de Chapecó, cidade onde tem casa. Ele, inclusive, foi assistir a vários jogos do time na Sul-Americana.

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*