Pernambucanos são homenageados em edição especial do “Caldeirão do Huck”

Carlos Pereira - Crédito: Reprodução/Facebook

Carlos Pereira – Crédito: Reprodução/Facebook

Pernambuco, mais especialmente pernambucanos, foram destaque no Especial Inspiração, do Caldeirão do Huck, que foi ao ar neste sábado. O programa promoveu homenagens a pessoas de todos os locais do país, que inspiram através de bons exemplos e de ações de altruísmo. 

O primeiro homenageado foi o recifense Carlos Pereira, criador do aplicativo Livox, que ajuda na comunicação de pessoas com necessidades especiais. O Livox tem vários desenhos com comandos como “estou com fome” seguido por imagens que representam os alimentos, por exemplo. O software também tem um teclado e reprodução por voz dos comandos recebidos. Segundo Carlos, o nome do APP é a mistura das palavras “liberdade” e “vox” (voz, em latim).

Carlos Pereira, Clara, sua esposa Aline, Luciano Huck e Tatá Werneck - Crédito: Reprodução/Facebook

Carlos Pereira, Clara, sua esposa Aline, Luciano Huck e Tatá Werneck – Crédito: Reprodução/Facebook

O Livox foi inspirado na filha de Carlos, Clara, que tem paralisia cerebral. O aplicativo é utilizado também pela Prefeitura do Recife, nas escolas, e já ajudou mais de 20 mil pessoas. No programa, foi mostrado a vida de usuários do Livox, como professores e mães de jovens especiais. Atualmente, Carlos vive em Orlando, nos Estados Unidos, desenvolvendo uma nova versão do APP.

Ao receber o prêmio das mãos de Glória Maria, Carlos disse que na verdade o prêmio deveria ser de Clara, pois ela que é uma pessoa inspiradora.

Jaqueline Nascimento e Lilian Prado da Acreditar - Crédito: Reprodução/Instagram

Jaqueline Nascimento e Lilian Prado da Acreditar – Crédito: Reprodução/Instagram

Já Lilian Prado recebeu a homenagem pela organização Acreditar, de Glória do Goitá, que estimula o empreendedorismo entre os jovens e mulheres no interior do estado. A entidade oferece microcrédito para os produtores, juntamente com orientação sobre educação financeira, valorizando a economia local.

Ela começou o trabalho em 2001, aos 17 anos. “Quando eu descobri o empreendedorismo eu vi que isso ia mudar as nossas vidas. E que os jovens não iam precisar sair de Pernambuco e ir para São Paulo. Eles iam poder ficar em Pernambuco.”, disse ela. Então Lilian resolveu criar o “banco dos sonhos”, para dar oportunidades para quem não tinha como desenvolver seus projetos.

Ela recebeu um recado por vídeo de Mohamad Yunus, o criador do sistema de microcrédito e vencedor do Nobel da Paz. Rogério Oliveira, representante da rede Yunus, entregou o prêmio para Lilian.

CALDEIRÃO – O programa também contou com uma reportagem especial gravada no sertão pernambucano, na cidade de Inajá, em uma comunidade chamada Caldeirão. A atração passou sete meses produzindo a reportagem e ajudou a construir um poço artesiano para a população do local. Na inauguração do poço, Luciano esteve na comunidade e promoveu um show de Mano Walter.

Luciano em Caldeirão - Crédito: Marcello Roichman/TV Globo

Luciano em Caldeirão – Crédito: Marcello Roichman/TV Globo

A população da comunidade precisava caminhar 26 quilômetros para buscar água todos os dias. A história girou em torno do trabalho de Alcione Albanesi, da ONG Amigos do Bem, que atua no Nordeste.

Share This Post On