Nando Reis fez uma homenagem à fisioterapeuta Tássia Mirella no palco do Baile Perfumado

Por Adaíra Sene/Especial para o Blog João Alberto

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

O Jardim-Pomar do Seu Reis floresceu no Baile Perfumado na madrugada deste sábado. Ainda pouco conhecido, o novo álbum do cantor paulistano animou gerações saudosas por um Nando Reis camaleônico que não lançava inéditas há quatro anos. O artista mesclou o romantismo das letras com riffs titânicos e projeções cinematográficas no palco. Com seu colete de couro, tatuagens à mostra e muitos saltos, Nando Reis, no alto de seus 54 anos, mostrou que ainda tem muita história para cantar.

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

No Recife desde a última quarta-feira, Nando fez uma homenagem à fisioterapeuta Tássia Mirella, morta pelo vizinho. “Nós que zelamos pela vida, lutamos pela vida e pela forma digna de viver, não podemos nos render à violência”, conclamou. “Hoje, é dia de celebrar a vida e eu gostaria de fazer esse show para todos aqueles que perderam seus entes queridos. Vamos lembrar deles com muito amor no coração”.

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

O novo álbum de trabalho do ex-Titãs é composto por 13 faixas, sendo 11 inéditas. No show, que durou exatamente duas horas, as novidades foram intercaladas com os sucessos inesquecíveis e a presença sempre viva de Cássia Eller. A apresentação, que estava marcada para 0h, atrasou quarenta minutos. Tempo suficiente para a casa, que já estava cheia, lotar ainda mais.

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Produtores e banda Bailinho Maravilha - Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Produtores e banda Bailinho Maravilha – Crédito: Wellington Silva/Divulgação

O público fiel do artista abraçou homens e mulheres das mais distintas gerações. Platéia que, no início se manteve tímida descobrindo as novidades, e explodiu com Marvin, All Star, Por Onde Andei, Luz dos Olhos, Relicário, Sou Dela, Pra Você Guardei o Amor, Mantra e Quem Vai Dizer Tchau. No setlist, ainda teve canções que conquistaram os brasileiros na voz de outros intérpretes, como Dois Rios e Sutilmente, gravadas pela banda mineira Skank, e Segundo Sol e Do Seu Lado, que encerraram o show num desejado e aplaudido BIS.

Antes do cantor subir ao palco, quem comandou a festa foi a banda pernambucana Bailinho Maravilha.

PLATAFORMA DIGITAL
Quem perdeu a apresentação não precisa se preocupar. O show do Recife foi gravado e será disponibilizado em formato de disco na internet ainda este mês.

Veja fotos de quem circulou pelo evento:

Monique Bandeira e Anne Caroline - Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Monique Bandeira e Anne Caroline – Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Ivy França Edson Henrique e Carol Borges - Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Ivy França Edson Henrique e Carol Borges – Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Dodi Teixeira Nando Reis Eduardo Campelo e Felipe Lucena - Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Dodi Teixeira Nando Reis Eduardo Campelo e Felipe Lucena – Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Pedro Carvalho e Marcela Valença - Crédito: Wellington Silva/Divulgação

Pedro Carvalho e Marcela Valença –
Crédito: Wellington Silva/Divulgação

 

Author: Thayse Boldrini

Share This Post On