Figurinista assediada por José Mayer não quer depor

José Mayer - Crédito: Reprodução/Twitter

José Mayer – Crédito: Reprodução/Twitter

A figurinista Susllem Tonani, que denunciou José Mayer por assédio e desencadeou uma grande campanha contra a violência contra as mulheres, não deve levar o caso à Justiça. Segundo a revisa Veja, ela foi chamada para depor pelo delegado titular da 32ª DP do Rio de Janeiro, Rodolfo Waldeck, mas não tem obrigação de comparecer. A publicação afirma que Susllem está reclusa desde a denúncia, e disse que não tem interesse em formalizar a o caso. Sem esse depoimento oficial, não é possível abrir uma investigação.

Susllem Tonani - Crédito: Maurício Fidalgo/TV Globo

Susllem Tonani – Crédito: Maurício Fidalgo/TV Globo

Se ela mudar de ideia e formalizar a denúncia, José Mayer pode responder por crime de assédio sexual, a pena prevista chega a dois anos de cadeia. O ator poderia também a ser responsabilizado por estupro, já que em 2009 a lei passou a ampliar o conceito para qualquer contato físico não consentido. Susllem afirmou que Mayer pegou em suas partes íntimas e a xingou nos bastidores da Rede Globo.

Leia mais:

Figurinista da TV Globo acusa José Mayer de assédio sexual

José Mayer assume assédio e pede desculpas em carta aberta

Salvar

Salvar

Share This Post On