Bel Pesce revela: “O segredo é investir em inovação, aprender a se reinventar”

Por Marília Gouveia

Bel Pesce - Crédito: Marilia Gouveia/DP

Bel Pesce ministrou palestra para empresárias que fazem parte do LIDE Mulher, hoje, no Aika Empresarial, em Boa Viagem – Crédito: Marilia Gouveia/DP

A empreendedora paulista Bel Pesce, de 29 anos, esteve no Recife na manhã desta quarta-feira, para comandar palestra  direcionada às empresárias que fazem parte do LIDE Mulher, para falar sobre sua carreira e experiências, desde os estudos no Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) até as novas plataformas desenvolvidas por ela.

Bel ressaltou o valor de impactar as pessoas com suas criações, como a empresa FazINOVA, onde desenvolve cursos para melhorar a vida e os projetos de outros empresários. Para ela, o segredo é investir em inovação, aprender a se reinventar, buscando resolver os desafios que vão aparecendo: “Era muito fácil viver de palestra, mas eu quero buscar mais tecnologia. Me chamam de louca”. 

Bel Pesce - Crédito: Marilia Gouveia/DP

Empresárias questionaram Bel Pesce sobre a realidade do mundo empresarial do Brasil em comparação com o Vale do Silício. – Crédito: Marilia Gouveia/DP

Suas plataformas são multidisciplinares e guardam os dados dos usuários, podendo oferecer oportunidades específicas para cada pessoa. “Se você entende que estabilidade não existe mais, você percebe que isso é uma ilusão. Ser advogado ou funcionário público não garante nada mais. É preciso criatividade e ter um repertório de soluções”, disse a empreendedora.

Bel Pesce e Sophia Lins, presidente do LIDE Mulher - Crédito: Marilia Gouveia/DP

Bel Pesce e Sophia Lins, presidente do LIDE Mulher – Crédito: Marilia Gouveia/DP

Sophia Lins, presidente do Lide Mulher, deu continuidade ao evento, questionando a visão de Bel Pesce relacionada à  realidade do mundo empresarial do Brasil em comparação com o Vale do Silício. Bel acredita que as pessoas ainda não aceitam que é preciso “dar errado” para inovar e que a estrutura do país não é favorável ao erro. “Se não der errado não é inovação, mas também sei que no Brasil, se a pessoa ‘quebrar’ realmente pode quebrar. O que mais impede é o modo de pensar”.

Bel Pesce com Leonardo Young, vencedor do Masterchef lançou campanha para arrecadar R$ 200 mil e ação acabou revoltando brasileiros - Foto: Reprodução/Instagram

Bel Pesce com Leonardo Young, vencedor do Masterchef lançou campanha para arrecadar R$ 200 mil e ação acabou revoltando brasileiros – Foto: Reprodução/Instagram

A polêmica do crowdfunding da hamburgueria Zebeleu, quando Bel Pesce e o vencedor  do Masterchef Leonardo Young lançaram um financiamento coletivo para abrir uma hamburgueria gourmet em São Paulo e, imediatamente, revoltaram os brasileiros, também entrou em pauta. Bel admitiu que errou na situação, principalmente na comunicação.

“Depois da ideia do financiamento, ele ganhou o programa, ou seja, ganhou dinheiro, então não tinha o que pedir dinheiro – na cabeça do brasileiro. Resolvemos pedir desculpas e tentamos explicar o que queríamos, mas a página saiu do ar no dia seguinte e isso acabou machucando ainda mais a nossa imagem.”No fim foi bom, levei uma porrada. Assim aprendi ainda mais e foram erros amadores, de comunicação. A gente não estava pronto, não era a coisa certa nem o momento certo”, pontuou a empresária.

No fim do encontro, Bel demonstrou interesse em retornar ao Recife. “Depois, se vocês quiserem, eu volto aqui em Recife e passo um dia na empresa de vocês. Isso é um desejo meu porque tem muita coisa boa no Nordeste”.

Salvar

Salvar

Autor:: Thayse Boldrini

Compartilhe este post sobre

1 Comentário

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*